Suspeito de estuprar criança em embaixada americana na Índia é preso

Menina de 5 anos sofreu abusos sexuais dentro do prédio da embaixada dos EUA na capital indiana

Legenda: Crime ocorreu no prédio da embaixada dos EUA em Nova Déli
Foto: Foto: AFP

As autoridades indianas prenderam e acusaram um homem suspeito de estuprar uma menina de cinco anos na embaixada dos Estados Unidos em Nova Déli, informou a polícia local nesta quinta-feira. 

O crime ocorreu no sábado nas dependências dos funcionários indianos da representação diplomática americana.

O réu, de 25 anos, e a menina, ambos filhos de funcionários da equipe de manutenção da embaixada, moravam dentro do complexo.

"O suspeito foi preso no domingo, imediatamente após a denúncia dos pais da menina", disse o investigador Yogesh Kumar. 

Os primeiros exames médicos revelaram que a garota havia sido estuprada. 

O suspeito foi acusado de acordo com as leis sobre violência sexual contra menores, que preveem a pena de morte.

Segundo o investigador, a menina brincava do lado de fora quando o suspeito a atraiu para o local onde mora com os pais dentro do complexo americano.

A violência contra as mulheres ocupa um lugar de destaque na Índia desde o estupro coletivo de uma jovem mulher em um ônibus em Nova Déli em 2012, que chocou o país e o mundo.

Em 2018, cerca de 34.000 estupros foram denunciados às autoridades indianas, número subestimado, segundo especialistas que estimam que esse número não constitui mais do que a ponta do iceberg, devido à lei do silêncio que ainda prevalece nesta sociedade patriarcal.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados