Reino Unido critica Irã por deter temporariamente embaixador britânico

Rob Macaire foi detido por suspeita de envolvimento em manifestação

Legenda: O tributo para as vitimas do acidente aéreo transformou-se em protestos contra o governo.
Foto: Atta KENARE / AFP

O governo do Reino Unido criticou o Irã por deter por mais de uma hora o embaixador britânico em Teerã, Rob Macaire, durante protesto contra o governo nesse sábado (11).

A imprensa do Reino Unido afirma que Macaire participava de uma cerimônia em memória das vítimas do acidente aéreo de quarta-feira (8) em Teerã, com um voo comercial da Ucrânia, atingido por um míssil iraniano. O evento transformou-se em protesto contra o governo. O embaixador foi detido por suspeita de envolvimento na manifestação.

"Posso confirmar que não participei de qualquer manifestação", disse Macaire no Twitter. O secretário de Relações Exteriores britânico, Dominic Raab, afirmou, em nota, que a prisão do embaixador em Teerã, sem fundamento ou explicação, é "flagrante violação da lei internacional".

No documento, ele também diz que "o governo iraniano está em uma encruzilhada no momento, na qual pode continuar a marchar rumo a uma situação de nação pária, com o isolamento político e econômico que esse status traz, ou dar passos para amenizar tensões e se engajar rumo a um caminho diplomático".

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo