Pastor alemão é o primeiro cão com diagnóstico oficial de Covid-19 nos EUA

De acordo com Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, o animal se infectou após um de seus donos também contrair o vírus

Legenda: Cão da raça pastor alemão
Foto: Shutterstock

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês), anunciou, nesta terça-feira (2), o primeiro caso confirmado do novo coronavírus em um cão da raça de estimação pastor alemão, no estado de Nova York. Este é o primerio cão nos EUA a testar positivo para o Sars-CoV-2.

Novo coronavírus foi produzido por cientistas chineses e escapou por 'acidente', diz ex-chefe do MI6

De acordo com o Departamento, as amostras do cão foram coletadas após ele apresentar sinais de doença respiratória. Um dos donos do cachorro testou positivo para a doença e outro mostrou sintomas consistentes do vírus, antes de o animal mostrar sinais.

Outro cão que vive na mesma casa não mostrou sinais de doença, contudo, também foram identificados anticorpos nesse cão, sugerindo que houve exposição.

Os casos de infecções causadas pelo novo coronavírus foram relatados em um pequeno número de animais em todo o mundo, principalmente em animais que tiveram contato próximo com uma pessoa que estava com Covid-19. 


Categorias Relacionadas