Naufrágio termina em 15 refugiados rohingyas mortos em Bangladesh

Ao menos 130 refugiados, principalmente mulheres e crianças, viajavam em um lotado barco de pesca que navegava para a Malásia, em uma perigosa viagem de cerca de 2.000 quilômetros

Legenda: A Guarda Costeira bangladeshiana diz que conseguiu salvar 70 pessoas, além de recuperar os 15 corpos
Foto: AFP

Pelo menos 15 pessoas morreram e dezenas estão desaparecidas, após um naufrágio frente à costa de Bangladesh, de uma embarcação que transportava refugiados rohingyas rumo à Malásia, segundo anúncio das autoridades locais nesta terça-feira (11).

"Até o momento, recuperamos 15 corpos e salvamos cerca de 70 pessoas", disse à AFP o chefe do serviço da Guarda Costeira, Naim ul Haq, acrescentando que as tarefas de busca permanecem em toda zona do Golfo de Bengala.

Ao menos 130 refugiados, principalmente mulheres e crianças, viajavam em um lotado barco de pesca que navegava para a Malásia, em uma perigosa viagem de cerca de 2.000 quilômetros, de acordo com informações da Guarda Costeira de Bangladesh.

Esta foi uma das embarcações que partiram, nessa segunda-feira (10), do distrito de Cox's Bazar, no sudeste de Bangladesh. Nesta região, ficam os acampamentos de refugiados da minoria muçulmana rohingya, onde há quase um milhão de pessoas vivendo em condições bastante precárias.

Vários rohingyas fogem de Mianmar para escapar da violência e tentam deixar para trás os campos de refugiados, abordando navios precários para buscar uma vida melhor na Malásia.

Você tem interesse em receber mais conteúdo internacional?