Mãe tranca filha em armário por dois anos

Com apenas 3 anos de idade, Georgia foi trancada em um armário da casa onde morava e isolada do convívio com seus irmãos porque era muito parecida com seu pai, disse a mãe da menina, responsável pelo "castigo".

Após 2 anos vivendo em armário e tendo que se aquecer utilizando os próprios cabelos, a garota foi encontrada desnutrida e com a fala pouco desenvolvida.

De acordo com o jornal americano Daily News, quando os policiais encontraram Georgia, ela pesava pouco mais de 8kg e teve que passar um tempo hospitalizada. O crime aconteceu em Oklahoma, nos Estados Unidos.

Em junho deste ano a garota ganhou uma nova família. Amanda e seu marido, Clint Lile, se tornaram pais da menina, que ganhou o nome de Georgia. Hoje, a menina vive feliz com um casal que a adotou em junho deste ano.

'Esta família é boa pra mim. Eu amo muito meu pai e minha mãe', disse a menina.

A mãe biológica, Açucena Maria Gonzáles, deixava apenas uma vasilha no local onde a menina ficava trancada para que ela usasse como penico, para não precisar utilizar o banheiro da família.

A responsável pelo crime foi sentenciada a 40 anos de prisão pelo crime, e não poderá deixar a prisão por pelo menos 18 anos.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo