Inventores israelenses criam máscara para usar durante alimentação em restaurantes

Alavanca acoplada à máscara possibilita o usuário a ingerir alimentos facilmente, através de uma fenda na frente da máscara

Legenda: Máscara tem uma alavanca acoplada
Foto: Foto: Reprodução

Empresa israelense desenvolveu uma máscara para a proteção do novo coronavírus onde é possível comer durante o uso. A máscara transforma mais segura a ida em restaurantes e bares, segundo os criadores. 

A invenção tem uma alavanca acoplada, que será acionada para a abertura da fenda na frente da máscara para que a comida possa passar. 

> Anticorpo em lhama que vive na Bélgica pode ajudar na cura para a Covid-19, apontam cientistas
> Trump revela que está tomando cloroquina, alvo de polêmica mundial

Com líquidos ou cremes o processo pode ficar um pouco complicado, mas pedaços sólidos podem ser abocanhados facilmente, como uma espécie de "Pac-Man".

A empresa Avtipus Patents and Inventions planeja iniciar a fabricação das máscaras nos próximos meses e já patenteou o dispositivo. A máscara poderá ser vendida a um preço entre US$ 0,85 e US$ 2,85 (aproximadamente entre R$ 4 e R$ 16) acima do preço das máscaras médicas simples vendidas em Israel.

"Então você pode comer, apreciar, beber e tirar o garfo e ele será fechado, e você estará protegido contra o vírus e outras pessoas sentadas com você", disse Asaf Gitelis, vice-presidente da empresa. 


Categorias Relacionadas