Índia: Ciclone Fani toca o solo, derruba árvores e deixa pelo menos 7 mortos

Fenômeno segue em direção a Bangladesh, país vizinho à Índia

Legenda: Queda de árvores provocada pela passagem do ciclone Fani provocou mortes
Foto: AFP

O número de mortes causadas pelo ciclone Fani, o mais devastador a atingir a Índia em 20 anos - subiu para sete, informou o canal americano de TV, CNN, citando como fonte o diretor de Polícia do Estado de Odisha, Sanjeeb Panda.

>Ciclone força a retirada de 1 milhão de pessoas na Índia
>Ciclone Fani: Índia se prepara para ventos acima de 200 km/h


Ele acrescentou que as mortes ocorreram em quatro distritos a leste de Odisha e foi causado principalmente pela queda de árvores e colapso de muros. Nas redes sociais, começam a circular vídeos mostrando a força dos ventos do ciclone, derrubando guindaste e arrastando um ônibus.

 

 

Legenda: Ciclone provocou fortes chuvas provocando inundações
Foto: AFP

O ciclone Fani atingiu o solo nesta sexta-feira, perto da cidade sagrada hindu de Puri, no Estado de Odisha.

 

 

O fenômeno chegou como um furacão de categoria 4, e a expectativa é que perca força à medida em que se desloca do norte para o nordeste nas próximas horas, em direção a Kolkata, uma das cidades mais populosas da Índia, e Bangladesh.

Legenda: Ciclone passa pela cidade sagrada de Puri e causa danos em imóveis
Foto: AFP

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo