Hugo Chávez: Papa deve pedir desculpas a indígenas da América

CARACAS, VENEZUELA - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta sexta-feira que o Papa Bento XVI deve pedir desculpas aos indígenas da América por suas declarações sobre a evangelização do continente.

Em sua recente visita ao Brasil, Bento XVI declarou que a evangelização da América "não representou, em nenhum momento, uma alienação das culturas pré-colombianas, nem foi uma imposição de uma cultura estranha".

O Papa também criticou o ressurgimento das religiões pré-colombianas, o que qualificou de "retrocesso".

"Como chefe de Estado, rogo à Sua Santidade que peça desculpas aos povos de nossa América. Acredito que isto é o correto", disse Chávez em um discurso. "Como pode dizer isto, quando vieram com arcabuzes para evangelizar, e sem imposição?" - perguntou Chávez. "Cristo chegou muito depois na América, não chegou com Colombo, aí chegou o anticristo", afirmou o líder venezuelano.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo