Furacão Dorian cai para categoria 4, mas ainda é muito perigoso

Estados da Flórida, Geórgia e Carolina do Sul declararam estado de emergência e ordenaram que moradores da costa deixem suas casas

Legenda: Imagens feitas por satélite mostram furacão Dorian ao se aproximar dos EUA
Foto: AFP

O furacão Dorian enfraqueceu um pouco e caiu para categoria 4, de acordo com os dados mais recentes do National Hurricane Center (NHC), mas continua a representar uma grande ameaça.

"Dorian é um furacão de categoria 4 extremamente perigoso na escala Saffir-Simpson", disse o NHC, com sede em Miami, acrescentando que seus ventos atingem agora 250 km/h. 

Legenda: As autoridades bloqueiam uma estrada em Jensen Beach na Flórida. A chegada do Furacão provocou evacuações em massa ao longo da costa leste dos EUA
Foto: AFP

"Embora seja esperado um enfraquecimento gradual, Dorian deve continuar sendo um poderoso furacão nos próximos dois dias", acrescentou a nota.

Devastação

Cerca de 13.000 casas podem ter sido danificadas ou destruídas pela passagem do furacão Dorian nas Bahamas, cujos ventos próximos a 300 km/h atingiram o arquipélago do Caribe, afirmou a Cruz Vermelha nesta segunda-feira.

Legenda: Tela de informações exibe vôos cancelados no saguão de partida do Aeroporto Internacional de Fort Lauderdale-Hollywood na Flórida
Foto: AFP

"Ainda não temos uma imagem completa do que aconteceu. Mas o furacão Dorian teve um impacto catastrófico", disse Sune Bulow, chefe do Centro de Operações de Emergência da Federação Interamericana de Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.

Anteriormente classificado na categoria 5, Dorian chegou ao domingo no Elbow Cay das Ilhas Ábaco, no noroeste das Bahamas, sendo o furacão mais poderoso a impactar o arquipélago de cerca de 700 ilhas.

Você tem interesse em receber mais conteúdo internacional?