EUA suspendem recomendação de evitar viagens ao exterior por pandemia

Situação de cada país será avaliada caso a caso, informa o Departamento de Estado

Legenda: Aeroporto de Los Angeles registra movimento de passageiros em meio à pandemia
Foto: AFP

O Departamento de Estado dos Estados Unidos anunciou, nesta quinta-feira, a retirada do nível quatro do sistema de alertas para a viagens internacionais. Pela recomendação, adotada em março, o país orientava que os americanos evitassem viajar para qualquer destino no exterior, por conta do risco associado ao coronavírus. Agora, a classificação será feita de acordo com a situação de cada nação.

Embora seja o epicentro da pandemia na América Latina, o Brasil ficou em nível dois, que sugere "cautela ampliada" aos turistas. Vários países da Europa, entre eles Reino Unido, Alemanha e França, foram classificados em nível três, com orientação para que a viagem seja "reconsiderada". Para a China, a categoria continua sendo o nível quatro.

"Estamos monitorando de perto as condições de saúde e segurança em todo o mundo, trabalhando em parceria com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) e outras agências. Como sempre, atualizaremos regularmente nossos conselhos específicos de destinos para viajantes dos EUA à medida que as condições evoluírem", explicou o Departamento de Estado.

Os EUA são, atualmente, o país com maior número de casos e mortes pela Covid-19, seguido pelo Brasil.

Você tem interesse em receber mais conteúdo internacional?