Em vídeo, presidente francês reclama de Bolsonaro durante G7

A câmera mostra Macron e o presidente chileno, Sebástian Piñera, conversando momentos antes de um café da manhã para os chefes de Estado

Legenda: O fato ocorreu em 26 de agosto, após a fala de Macron na qual ele disse esperar que "os brasileiros tenham logo um presidente que se comporte à altura" do cargo
Foto: AFP

Em documentário produzido pelo canal de TV francês CNEWS sobre os bastidores da última cúpula do G7, em Biarritz, o presidente francês é filmado reclamando do comportamento de Jair Bolsonaro para o mandatário chileno.

O episódio aconteceu no dia 26 de agosto, logo após a fala de Emmanuel Macron na qual ele disse esperar que "os brasileiros tenham logo um presidente que se comporte à altura" do cargo. A câmera mostra Macron e o presidente chileno, Sebástian Piñera, conversando momentos antes de um café da manhã para os chefes de Estado.

Piñera menciona Bolsonaro, e em seguida parece fazer uma expressão de dúvida ao olhar para o francês. Macron responde: "eu tinha que reagir, você entende?". Macron se referia à ofensa de Bolsonaro à primeira-dama francesa, Brigitte Macron, em uma rede social.

"Eu queria ser pacífico. Queria ser correto, construtivo com o cara e respeitar a sua soberania. Tudo bem. Mas eu não poderia aceitar isso", conclui Macron. A chanceler alemã, Angela Merkel, que aparece no vídeo ao lado de Macron, exclama "não!", dando a entender que concorda com a reação do francês.

Em seguida, Macron diz "me desculpa, mas isso não é atitude de um presidente" cortar o cabelo após cancelar de última hora um encontro com o chanceler da França. Bolsonaro deveria ter recebido Jean-Yves Le Drian em audiência na tarde do dia 29 de julho, no Palácio do Planalto. No entanto, minutos antes da reunião, o francês foi avisado pelo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, de que Bolsonaro não teria mais horário disponível para o encontro. Poucos minutos depois do momento em que a reunião deveria acabar, por volta de 15h45, o presidente brasileiro apareceu em uma live nas redes sociais cortando o cabelo.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo