Tartaruga é encontrada morta na praia de Taíba nesta sexta-feira (15)

O animal foi visto encalhado na orla do município de São Gonçalo do Amarante sem vestígios aparentes de óleo

Legenda: Caso o animal seja encontrado fora de Fortaleza, é necessário o apoio do Ibama, da Secretaria do Meio Ambiente do Ceará (Sema) ou do Batalhão da Polícia Ambiental.
Foto: Foto: Prefeitura de São Gonçalo do Amarante

Uma tartaruga encalhada na praia de Taíba, no município de São Gonçalo do Amarante, foi encontrada morta na manhã desta sexta-feira (15). O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Verdeluz foram acionados pela população. 

O animal não tinha vestígios aparentes do óleo cru que tem afetado o litoral do Nordeste desde setembro. “Quando a tartaruga não tem óleo, a gente avalia a situação. Se ela estiver em um estágio avançado de decomposição, nem adianta, a gente nem vai buscar. Só registramos o encalhe e pedimos para enterrar”, detalha a bióloga Liana Queiroz, do Instituto Verdeluz. 

Ela ressalta, porém, que quando o animal está oleado, deve ser recolhido obrigatoriamente, uma vez que o resíduo é considerado perigoso. “Quando é possível, se a tartaruga encalhou próxima de Fortaleza, a gente tenta pelo menos pegar o trato gastrointestinal, e, se conseguirmos o transporte, a gente leva também para necrópsia”. Segundo a bióloga, o Instituto possui uma licença para recolher as carcaças na orla da Capital.  

Caso o animal seja encontrado fora de Fortaleza, é necessário o apoio do Ibama, da Secretaria do Meio Ambiente do Ceará (Sema) ou do Batalhão da Polícia Ambiental. 

“O Ibama está fazendo um monitoramento perto de onde essa tartaruga foi encontrada hoje, é provável que consigam trazer. Não é certeza porque a gente não sabe se o estado do animal está bom o suficiente para trazer para fazer a necrópsia”, diz. Ela enfatiza que, geralmente, em muitos dos animais encontrados sem vestígios aparentes de óleo, o resíduo é identificado após a necrópsia, no trato gastrointestinal. 

Na última quarta-feira (13), outra tartaruga ficou encalhada viva na praia de Morro Branco, em Beberibe. O animal também não tinha vestígios de óleo, e foi transferido para a base do Ibama no Rio Grande do Norte. 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza