Seminarista de Minas Gerais se afoga após passar mal na Praia do Futuro e é levado ao IJF

O homem de 36 anos foi retirado da água com vida

Um seminarista de Minas Gerais foi resgatado, na tarde deste domingo (4), após se afogar na Praia do Futuro, em Fortaleza. A vítima foi identificada como Wanger Moreira Inácio, de 36 anos, e estaria estudando na Capital para se tornar padre.

Um policial militar que participou do atendimento à ocorrência informou que a vítima apresentou grau cinco de afogamento (o segundo mais elevado) que é caracterizado quando a vítima está muito grave, já com sinais de parada respiratória, cianose, flacidez muscular; porém ainda com pulso central.

De acordo com informações da Polícia Militar do Ceará (PMCE), durante as massagens cardíacas, o homem expeliu bastante alimentos que tinha ingerido. O que leva a polícia a crer que ele tenha passado mal no mar devido à quantidade de comida consumida na hora do almoço.

O seminarista aproveitava um momento de lazer na praia, na companhai de um colega, que afirmou ser padre. Este segundo homem foi quem passou as informações da vítima às autoridades. O homem foi resgatado e encaminhado para atendimento emergencial à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) localizada na Praia do Futuro.

A vítima teve uma parada cardíaca por conta do afogamento mas retornou à consciência, ainda na UPA, após o trabalho dos socorristas do Samu. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem foi levado, ainda em estado grave, ao Hospital Instituto Dr. José Frota (IJF) para atendimento especializado.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza