Quatro avenidas de Fortaleza terão pavimento de concreto em paradas de ônibus

Material mais durável e resistente deve diminuir impacto de frenagem e arrancada dos veículos

Legenda: Exemplo de como fica o pavimento da parada; esta fica na Avenida Desembargador Moreira.
Foto: Foto: Reprodução

As avenidas Fernandes Távora, José Bastos, Dom Luís e Desembargador Moreira, em Fortaleza, receberão piso em concreto nas paradas de ônibus durante as obras de requalificação viária que serão executadas em breve, de acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf). O objetivo é minimizar o impacto durante as frenagens e arrancadas dos veículos pesados, que hoje podem danificar o asfalto comum.

O modelo é semelhante ao implantado na nova Avenida Aguanambi, que recebeu o piso de concreto ao longo de toda a faixa exclusiva para ônibus. Os terminais de ônibus do Antônio Bezerra e Messejana, recém-reformados, também possuem piso em concreto em todas as plataformas e pista.

A titular da Seinf, secretária Manuela Nogueira, explica que há uma diferença importante entre a colocação do concreto em rodovias de maior fluxo e vias urbanas: as redes de água, esgoto e drenagem subterrâneas. “Fica complicado implantar um piso 100% rígido porque geraria um conflito com a manutenção dessas estruturas enterradas”, garante.

Cuidados com o material

Por isso, segundo Nogueira, no meio urbano se utiliza mais o piso asfáltico, ainda que exija manutenção mais constante. O concreto, por outro lado, tem vida útil de 15 a 20 anos, “mas depende da utilização dele”. “Se tiver muito caminhão pesado, a durabilidade vai ser menor. Se for vicinal, mais de carros mesmo, a manutenção é estendida”, diz a secretária.

Atualmente, a única via completamente pavimentada com piso de concreto é a Av. Dioguinho, na Praia do Futuro, por ser rota de passagem e escoamento de caminhões que chegam e saem do Porto do Mucuripe. 

Outros equipamentos prontos com o material, que garante melhor sustentação, são o interior dos túneis das avenidas Engenheiro Santana Júnior, Padre Antônio Tomás, Via Expressa (longitudinal) e Santos Dumont. Também está prevista a implantação de piso em concreto em parte da pista do túnel da Av. Alberto Sá. 
 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza