Quadrilha junina abre temporada de ensaios no estacionamento do RioMar

De acordo com estimativa do Shopping, aproximadamente três mil pessoas, entre quadrilheiros e público, passaram pelo evento desta noite (5)

Ainda falta aproximadamente um mês para o Carnaval, mas assim que o ano começa, traz junto com ele a contagem regressiva e período de intensa preparação das quadrilhas para os festejos de junho e julho. Em mais um fim de semana de pré-carnaval na Capital cearense, o domingo foi de São João no RioMar Kennedy, por onde passaram, na noite deste domingo (5), aproximadamente três mil pessoas, entre brincantes e populares, segundo estimou a direção do Shopping.

No estacionamento do Kennedy, os brincantes da Junina Babaçu e de outras quadrilhas da União Junina do Ceará tentavam um novo recorde: o de maior ensaio de quadrilha junina do mundo. Até poucos minutos antes do ensaio, o número de quadrilheiros credenciados para para participar do evento já chegava aos 250. E devem acontecer outras tentativas nos próximos eventos.

O espaço foi cedido pelo Shopping para a realização dos ensaios, que devem continuar acontecendo ao longo dos próximos meses, até a chegada do São João. Entretanto, vai muito além do espaço. Para o diretor financeiro da União Junina do Ceará, Paulo Sérgio Lopes, o evento auxilia na divulgação do São João cearense e fortalece o movimento.

“É importantíssimo, porque dá mídia para os grupos, que se sentem motivados e valorizados. É algo que agrega valor a todo o processo do meio junino”, destaca Lopes. Atualmente, a Instituição tem 80 quadrilhas associadas, totalizando aproximadamente cinco mil casais em todo o Estado. “Procuramos entrar em contato com eles via redes sociais e convidamos para aderir a nossa ideia. Esse é o primeiro ensaio de muitos que ainda estão por vir”, acrescenta.

O presidente da Junina Babaçu, Tasso Monteiro, avalia que o projeto é um pontapé inicial para que os grupos possam mostrar seus trabalhos. “Tem gente que não conhece e vai ter a oportunidade de conhecer por meio dessa iniciativa do Shopping”, ressalta.

A iniciativa é fruto de uma pesquisa de campo dos hábitos e costumes locais, segundo a coordenadora de marketing do Shopping, Karina Farani. “Nós sentimos que muitas quadrilhas queriam um espaço para sediar seus ensaios. Nosso objetivo é dar esse espaço a mais para a comunidade, levando e reforçando a cultura da quadrilha para a região”. As datas dos próximos ensaios devem ser divulgadas em breve.

Relação com o Carnaval

Desde criança, a estudante Luana Sousa é admiradora do São João. Ela e a mãe, Ana Maria Sousa, saíram do Siqueira para assistir ao ensaio no RioMar Kennedy. “Eu dançava na quadrilha da escola e uma do meu bairro, mas não era assim, profissional que nem a Babaçu”, explica.

Desde as 17h, elas aguardavam no local pelo início do ensaio. “A gente veio para rever a Babaçu. Nós acompanhamos as quadrilhas todos os anos e a Babaçu é a mais conhecida para nós”, diz Ana Maria.

Reinado

Uma das expectativas entre os brincantes era pela chegada da rainha da Junina Babaçu, Adriana Dias. Há 15 anos dançando no São João - quatro deles dedicados a Babaçu -, ela viverá neste ano uma emoção diferente: dançar no carnaval do Rio pela Beija-Flor de Nilópolis. “Eu sempre gostei do Carnaval demais, que tem um contexto parecido com o São João e tem a beleza e o glamour, então a expectativa está grande demais”, explica.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza