"Pouca coisa vai mudar a partir de segunda-feira", alerta Roberto Cláudio

Prefeito afirmou que o isolamento social deverá ser cumprido, apesar da liberação de atividades comerciais

Legenda: Prefeito fez pronunciamento em transmissão nas redes sociais

Embora o governo estadual tenha autorizado a retomada de setores do comércio na próxima segunda-feira, 1° de junho, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, reforçou que o isolamento social deverá ser cumprido por quem não precisar dos serviços. 

“Pouca coisa vai mudar a partir de segunda-feira. Basicamente algumas atividades econômicas de menor risco sanitário, que vão poder ter a capacidade de serem iniciadas sem agravar o risco de contaminação”, alertou, durante transmissão nas redes sociais na noite desta sexta-feira (29).

> Sindiônibus anuncia volta de ônibus metropolitanos e recomenda respeito aos horários escalonados

> Grupos de risco devem ficar em casa mesmo com retomada econômica, alerta governo

> Centro de Fortaleza registra aglomerações e pessoas sem máscara; veja fotos

Retorno das atividades econômicas 

Conforme o plano de retomada das atividades econômicas anunciado pelo governador Camilo Santana, entre os dias 1° e 7 de junho, haverá uma fase de transição, quando será permitido o funcionamento do comércio, indústria química, 30% da cadeia da construção civil, lojas de construção civil, cadeia da saúde (óticas, escritórios, clínicas de dentistas), além de cuidados pessoais. 

Reclusão domiciliar

No entanto, o decreto de isolamento social continuará em vigor na Capital. Segundo o prefeito, a estratégia foi a responsável por impulsionar a queda nos atendimentos de pacientes diagnosticados com a Covid-19.

“O segredo da redução dos óbitos em Fortaleza, o segredo da redução demanda por posto de saúde, o segredo da redução pela procura de Upas municipais e o segredo da redução de casos mais graves só foi alcançado ao tempo desse isolamento”, frisou. 

Dessa forma, Roberto Cláudio reitera que “é muito importante que a gente não entenda que a próxima segunda-feira é uma mudança de atitude.Não é. Muitos permanecerão em isolamento e uma pequena parcela da população terá algumas atividades liberada graças a um criterioso estudo das autoridades sanitárias”.

Postos de saúde 

O prefeito lembrou ainda que, além das Upas estaduais e municipais, 12 postos de saúde de Fortaleza continuarão abertos neste fim de semana para atender pessoas sintomáticas. A medida é para fazer com que as unidades façam o diagnóstico precoce de possível infectados pelo novo coronavírus.

Mortes por Covid-19 em Fortaleza

 


Categorias Relacionadas