Parque ecológico é opção para eventos ao ar livre

Seguindo todos os protocolos sanitários, Ecopoint proporciona experiência exclusiva de realizar eventos com muita natureza no meio da cidade.

Legenda: Atividades ao ar livre atraem crianças e adultos para o Ecopoint.
Foto: Divulgação

            Numa manhã de sábado, pássaros cantam, com ares de festa. Embaladas pelo vento, as árvores parecem aplaudir o encontro dos noivos. Um casamento abençoado pela natureza é possível mesmo no meio da cidade. E é nessa atmosfera de encantamento, que o Parque Ecológico Ecopoint, em Fortaleza, recebe centenas de celebrações anualmente. Não apenas em casamentos, mas em aniversários ou confraternizações, ali a natureza é testemunha de que a festa ao ar livre tem uma energia diferente.

            Quem entra no Parque Ecopoint, localizado no Bairro Jóquei Clube, tem a sensação de estar fora da cidade. Não só pela ampla arborização, mas pela proposta de envolver o visitante em atividades que promovem um contato mais próximo com a natureza e com os animais. Tanto quem visita, como quem participa de eventos pode perceber que a beleza do lugar é um convite ao retorno.

            “Eu e minhas amigas amamos passar o dia curtindo cada detalhe! Vamos voltar levando mais amigos e família”, empolga-se a professora Maria Ivonete. “Minha experiência com o espaço do Ecopoint foi excelente. Todos os convidados amaram, elogiaram muito o espaço e, com certeza, iremos voltar muitas vezes”, promete a psicóloga Jéssica Torres, que realizou o aniversário da filha no parque.

            De segunda a sábado, o Ecopoint funciona exclusivamente para eventos particulares como casamento, aniversário infantil e adulto, evento empresarial, treinamento, piquenique, ensaio fotográfico e visitação escolar. Além de toda a estrutura para eventos, o Ecopoint dispõe de várias opções de lazer, como fazendinha, mini horto, campo de futebol, passeio a cavalo, arvorismo, tirolesa, arco e flecha e um zoológico com várias espécies nativas, dentre elas, onça-pintada, onça-parda, capivara, macaco, jiboia, tucano, pavão entre outras.

Legenda: Localizado no Bairro Jóquei Clube, Ecopoint promove experiência exclusiva com a natureza.
Foto: Divulgação

            Com a pandemia e as restrições relacionadas à aglomeração, o local proporciona a possibilidade de desfrutar do parque de forma exclusiva, seguindo todos os protocolos recomendados, tais como, uso obrigatório de máscaras, tapetes sanitizante, aferição de temperatura na entrada do parque, vendas de ingresso e agendamentos de visita pelo site e redução da capacidade do público em 30%.

            “Como as famílias, principalmente as crianças, ficaram em quarentena durante a pandemia, o Parque Ecopoint tem um papel muito importante nessa ressocialização infantil por oferecer uma estrutura completa para pais e crianças, sem aglomerações, podendo respirar um ‘ar puro’ dentro de Fortaleza”, afirma Marcelo Victor, gestor administrativo-financeiro do parque.

Proposta educativa

            Mais do que um parque temático, o Ecopoint também possui uma proposta de educação ambiental voltada para crianças e adultos. Dessa maneira, o local abre para visitação escolar, realiza passeios monitorados e promove aulas de zoologia, biologia, vivência rural e meio ambiente. “No Ecopoint passam, anualmente, mais de 20 mil pessoas, entre alunos, professores e convidados. Somos agentes de democratização e conscientização ambiental, consolidando a prática da Educação Ambiental como um laboratório vivo, uma verdadeira extensão da sala de aula”, afirma Marcelo Victor.

Tudo começou

            O Ecopoint é hoje fruto de uma história que começou com o alemão Franz Wierzbicki que veio embora para o Brasil, quando a Alemanha fora arrasada pela Primeira Guerra Mundial. Ele chegou no Ceará em 1922 e dez anos depois tornou-se proprietário do sítio Glück-auf, expressão alemã que significa "Feliz Regresso". A propriedade, que corresponde ao que hoje é o Ecopoint, sempre proporcionou aos herdeiros esse contato com a natureza.

            Com essa herança, o neto Paul Gerhard assumiu a administração do sítio e foi ampliando as atividades do espaço. Apaixonado por bichos, começou a receber animais de grande porte que eram apreendidos pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e levados para lá, muitas vezes após terem sofrido maus tratos de traficantes e criadores ilegais.

            Para arcar com as despesas, o espaço abriu inicialmente para eventos, mas o sucesso foi tão grande que passaram a abrir para visitação. A história completa da família pode ser conferida no museu disponível no Ecopoint.

Serviço:         

Parque Ecopoint

Funcionamento: Domingos e feriados. Eventos, exclusivamente aos sábados.
Venda de ingressos: https://www.parqueecopoint.com.br/
Instagram: @ecopointparque
Informações sobre eventos: (85) 99999-1579

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza


Redação 26 de Novembro de 2020