Pais se concentram no portão de saída da Uece à espera de filhos que estão fazendo o Enem

Familiares se reúnem no local para receber os candidatos no fim do primeiro dia de provas

Legenda: Familiares se reúnem nos portões da Uece para esperar candidatos saírem das provas do Enem.
Foto: Foto: Natinho Rodrigues

Um grupo de mãe e pais se concentra no portão de saída da Universidade Estadual do Ceará (Uece), um dos locais de prova no bairro Itaperi, em Fortaleza, à espera dos filhos que estão fazendo o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo (3).

Com o olhar atento, os parentes compartilham a ansiedade de receber o candidato no fim do primeiro dia de provas do Exame.

Entre eles, está a dona de casa Aline Bravo, que foi até o local acompanhar a filha Letícia de Fátima Bravo, de 14 anos, que está fazendo a prova pela primeira vez.

A decisão de fazer a prova precoce foi um incentivo da própria mãe, que deseja que a filha curse Medicina. A menina, ainda no nono ano do Fundamental, estuda 10 horas por dia e já conquistou medalha em três olimpíadas nacionais: química, física e biologia. 

De acordo com Aline, Letícia está se preparando para cursar o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA).

Também no aguardo estava Virginia de Sousa, de 40 anos, moradora do bairro Mondubim, que esperava pela filha Manuela de Sousa, de 18 anos. 

Segundo Virgínia, a jovem se preparou para o Exame em um cursinho do bairro e pretende cursar Veterinária. “Ela estuda dia e noite, agora acho que não gostou da redação, pois achei esse tema muito difícil", afirma.

A mãe, assim como muitas, está nós portões da Uece desde a manhã de hoje. "Do jeito que ela é, só vai sair quando tiver tentado resolver todas as questoes", diz Virgínia.

Legenda: Aline Bravo foi até o local para acompanhar a filha Letícia de Fátima Bravo, de 14 anos, que está fazendo a prova pela primeira vez.
Foto: Foto: Natinho Rodrigues