Novembro Azul: Como o médico do trabalho pode ser um aliado da saúde masculina

Médico e fundador da Labor Life incentiva as empresas ao cuidado preventivo do câncer de próstata

Legenda: Claudio Ponte: somos a única empresa cearense de Medicina e Segurança a produzir conteúdos digitais de saúde e segurança ocupacional.
Foto: Divulgação

Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta nenhum sintoma. Quanto mais cedo é descoberto, maiores são as chances de cura. Sensibilizar para o cuidado preventivo da doença é uma preocupação da campanha Novembro Azul, que recebe o apoio e engajamento de várias empresas. Na Labor Life, por exemplo, o mote é levado ao setor de Saúde e Segurança do Trabalho, disseminando a importância de se trabalhar a saúde do homem nos ambientes corporativos.

 “As empresas são um importante instrumento da conscientização de seus colaboradores”, observa o médico do trabalho Claudio Ponte, diretor médico e fundador da Labor Life e professor de biologia. Para o profissional da saúde, essa parceria das empresas pode contribuir para que o público masculino pratique o autocuidado. “Os homens, em geral, não costumam ouvir orientações dos parentes ou amigos mais próximos. Nesse sentido, as empresas devem assumir esse papel de conscientizar seus colaboradores por meio de campanhas continuadas, com base no calendário nacional do sistema de saúde e de dados epidemiológicos previstos no Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO)”, recomenda.

Para o médico, cada empresa deve definir o melhor meio de comunicação para alcançar o público de colaboradores de forma efetiva. Na Labor Life, esse trabalho de conscientização sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata tem sido feito por meio das redes sociais, vídeos educativos, comunicação visual nos locais de atendimento e produção de conteúdo informativo gratuito.

“Em todo o mês de novembro, estou realizando os atendimentos vestido com um jaleco na cor azul em alusão ao ‘novembro azul', pois imediatamente o paciente faz a correlação. Além disso, todo paciente atendido recebe um voucher para ter acesso ao conteúdo digital gratuito em nossa plataforma, sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata. O acesso ficará disponível a ele por um período de 90 dias”, informa o médico Claudio Ponte.

Com a campanha, a expectativa da empresa é de atingir cerca de 3 mil pacientes (homens acima de 40 anos) e gerar um movimento de sensibilização para que a mensagem alcance os círculos de relacionamentos deles. “Uma informação importante no caso do câncer de próstata é a hereditariedade como fator relevante. Caso haja algum parente próximo, pai ou irmão, com a doença antes dos 60 anos, o risco de se ter a doença aumenta entre 3 e 10 vezes, se comparado à população em geral”, afirma Claudio Ponte.

Aos homens com mais de 40 anos, o médico recomenda fazer os exames de toque e de sangue anualmente. Além disso, devem manter uma alimentação balanceada com frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e cultivar hábitos de vida saudável. “Evite gordura animal, realize uma atividade física, no mínimo de 30 minutos por dia, controle seu peso corporal e não fume”, orienta o médico.

Trabalho fundamental

Nas empresas a atuação do médico do trabalho está relacionada à prevenção em três esferas: coordenação das campanhas de conscientização, indicação de exames médicos complementares e anamnese contínua dos colaboradores para o diagnóstico precoce e encaminhamento ao médico especialista.

Esse trabalho faz parte da rotina de Claudio Ponte há mais de 20 anos. Com a Labor Life, ele se especializou em oferecer serviços e soluções na área de Saúde e Segurança Ocupacional, auxiliando empresas de todo o Brasil na prevenção de doenças. “Ajudamos mais de 3.500 clientes em 18 estados a alcançarem seus objetivos em saúde e segurança ocupacional”, afirma. A empresa conta ainda com uma plataforma de conteúdo (EAD) exclusivo para empresas, com 27 cursos, totalizando mais de 300 horas de capacitação. “Todo o conteúdo é desenvolvido por nossa equipe de especialistas (engenheiros, médicos, técnicos, consultores, enfermeiros entre outros) e a produção realizada em nosso estúdio. Somos a única empresa de Medicina e Segurança Cearense a produzir conteúdos digitais de saúde e segurança ocupacional para todo o Brasil”, acrescenta Claudio Ponte.

Saiba mais em: https://www.laborlifeead.com/

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza