Moradores de Messejana relatam que muro já ameaçava desabar

Estrutura desabou matando uma mulher e deixando uma criança ferida, nesta sexta-feira (31)

Escrito por Redação,

Metro
Legenda: Escombros da estrutura que desmoronou ficou ocupando parte da rua Nicolau Coelho, em Messejana
Foto: Foto: Divulgação

Moradores que acompanhavam o trabalho de limpeza próximo ao local do muro que desabou nesta sexta-feira (31), deixando uma mulher morta e uma criança ferida, relataram que a estrutura já ameaçava desmoronar. Segundo os populares, o muro não tinha colunas de sustentação e ainda tem partes inclinadas que podem desabar.

Máquinas da prefeitura realizaram na manhã deste sábado (1º) a remoção dos escombros que tomavam parte da rua Nicolau Coelho. Moradores também tentavam empurrar a parte do que sobrou da parede para dentro do terreno baldio com medo de novo desabamento.

Uma empresa de telefonia e internet enviou funcionários para realizar a remoção da fiação que ficou caída na calçada.

Com mato crescido, o terreno particular estaria envolvido em uma disputa familiar para divisão de herança. Motivo pelo qual não recebe intervenção de reparto há muito tempo. 

Não havia nenhum responsável pelo terreno no local nesta manhã. Ainda não há previsão de reconstrução de um novo muro.