Mini Bicicletar é suspenso durante lockdown em Fortaleza; bikes compartilhadas seguem funcionando

Decisão é para evitar aglomerações em espaços públicos no período de isolamento social rígido

Mini Bicicletar, que não funcionará em Fortaleza no lockdown
Legenda: Sistema é voltado para lazer de crianças
Foto: Prefeitura de Fortaleza

Em virtude do decreto que estabeleceu lockdown, o Mini Bicicletar, da Prefeitura de Fortaleza, está com as atividades suspensas. Conforme a gestão municipal, a medida é para evitar aglomerações indevidas visto que o equipamento destina-se ao lazer de crianças em espaços públicos.

No entanto, o sistema de bicicletas compartilhadas segue funcionando normalmente, de acordo com nota da Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP). A pasta frisa que o uso do Bicicletar deve se restringir a pessoas que utilizem as bikes como meio de transporte para serviços essenciais.

"Quando for necessária a utilização, antes e depois de usar a bicicleta, higienizar as mãos com álcool em gel 70% ou lavar com sabão e água, seguindo as recomendações mundiais de saúde", alerta a secretaria. 

A SCSP frisa ainda que, diariamente, os equipamentos recebem higienização contra a Covid-19. É feita limpeza preventiva das peças mais vulneráveis à contaminação, como o guidão, as cestas, os manetes, os freios, quadros e selim. 

"Além disso, as bicicletas que são recolhidas diariamente para a manutenção técnica já recebem uma higienização mais profunda antes de voltar para as estações e esta limpeza também foi reforçada", pontua a pasta. O isolamento social rígido em Fortaleza segue até o dia 18 de março, segundo determinação do governador Camilo Santana.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza