Médias diárias de casos e óbitos por Covid-19 seguem em queda em Fortaleza, diz boletim da SMS

Informe semanal da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) foi divulgado nesta sexta-feira (25)

A média móvel diária de casos e de óbitos causados pela Covid-19 em Fortaleza continua registrando queda nos índices, de acordo com o boletim epidemiológico semanal da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), divulgado na tarde desta sexta-feira (25). 

O índice médio de casos registrado hoje (14) é 44% menor que o mensurado duas semanas atrás e a média móvel de mortes pela doença (1,6) é 41% inferior em relação ao que foi registrado há 14 dias. 

Na comparação do informe atual com o documento divulgado na semana passada, a média móvel diária de casos caiu de 17 para 14 e o de óbitos reduziu de 1,7 para 1,6 fatalidades. Em pelo menos seis dias, não foram registradas, preliminarmente, mortes pela doença: em 12 e 30 de agosto e 9, 12, 24 e 25 de setembro.

A redução é ainda maior (99%) ao se comparar os dados de hoje com os registrados no pico da pandemia, ocorrida entre o fim de abril e meados de maio. Eram 918,1 casos na média diária e 80 mortes no platô contra 14 diagnósticos positivos e 1,6 óbitos registrados hoje na cidade.

Cenário da pandemia no Ceará

O Ceará contabiliza 237.857 casos confirmados e 8.905 óbitos causados pela pandemia do novo coronavírus. Já foram notificados 736.570 casos da doença e taxa de letalidade do novo coronavírus, relação entre o número de casos e mortes, permanece em 3,7%. Os dados são da plataforma digital IntegraSUS, gerida pela Sesa, e atualizada às 17h28, desta sexta-feira (25). 

 

O Estado tem 89.760 casos e 598 falecimentos em investigação. E nas últimas 24h, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) notificou três mortes causadas pela Covid-19. Em contrapartida já são 211.206 recuperados em todo o território cearense, e já foram realizados 739.356 exames para identificar o novo coronavírus. 

Já quanto a taxa de ocupação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), no Ceará, está em 52,87%. Quanto a taxa de ocupação de leitos de enfermaria, os números chegam a 30,28%. Os dados são da atualização das 17h01, dos indicadores de internação por Covid-19, disponíveis na plataforma digital IntegraSUS.  

Incidência

As cidades com maiores incidências de casos confirmados por 100 mil habitantes, são: Acarape (11.467,6), Frecheirinha (10.567,1), Groaíras (6.541,4), Quixelô (6.249,2) e Chaval (6.121,4).

Cidades

Fortaleza continua sendo o município com os maiores números absolutos da doença e já soma  48.790 diagnósticos positivos, 3.844 óbitos e uma incidência de 1.827,8. Em seguida temos Juazeiro do Norte, na Região do Cariri, com 15.062 infectados, 280 mortes e uma incidência de casos de 5.492,9. 

Sobral, na Região Norte, terceira cidade em destaque, contabiliza 11.655 casos positivos e 310 óbitos causados pela Covid-19. A incidência de casos no município é de 5.578,3. 

A também cidade caririense, o Crato, acumula 6.271 casos confirmados e 87 falecimentos. A cidade tem a incidência de casos em 4.746,3.

Na microrregião de Fortaleza, o número de casos confirmados é maior nas cidades de Maracanaú (6.683), Caucaia (5.735) e Maranguape (4.777). O município de Maracanaú, quarta cidade em destaque, registra 245 óbitos e incidência de 2.932,6. 

Caucaia, a segunda cidade que mais confirma mortes pelo novo coronavírus em território cearense, soma 343 óbitos, além disso a incidência de casos é de 1.586,9 na localidade. Já Maranguape acumula 115 falecimentos e sustenta uma incidência de 3.703,7.


 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza

Assuntos Relacionados


Redação 30 de Outubro de 2020