Livro sobre as origens do povo cearense chega ao mercado

Lançada na noite desta terça-feira (4), a obra “O Cearense Revelado: uma jornada via DNA desvenda nossa ancestralidade” dá prosseguimento aos estudos realizados pelo professor e ex-governador José Parsifal Barroso (1913-1986) no ensaio “O Cearense”, de 1969

lançamento
Legenda: O professor e biógrafo Luís Sérgio Santos, e o empresário e presidente do Instituto Myra Eliane, Igor Queiroz Barroso, na ocasião de lançamento da obra “O Cearense Revelado: uma jornada via DNA desvenda nossa ancestralidade”
Foto: Thiago Gadelha

A origem do nosso povo é uma das motivações centrais de "O Cearense Revelado: uma jornada via DNA desvenda nossa ancestralidade". A obra foi lançada na noite desta terça-feira (4), por meio de transmissão online, nas redes sociais do Instituto Myra Eliane, entidade que assume a frente editorial da publicação.

O trabalho retoma os estudos deixados pelo professor e ex-governador José Parsifal Barroso (1913-1986), contidos no ensaio "O Cearense" (1969). Nos dias atuais, coube ao docente e biógrafo Luís Sérgio Santos resgatar essa pesquisa. O novo livro, de sua autoria, com prefácio do empresário e presidente do Instituto Myra Eliane, Igor Queiroz Barroso, investe no ensaio jornalístico para aprofundar detalhes da pesquisa "GPS-DNA Origins Ceará". Inédita no Brasil, ela investiga a herança ancestral de nossa gente.

A transmissão online de lançamento contou com a participação de Igor Queiroz Barroso. Ao lado de Luís Sérgio Santos, o idealizador partilhou aspectos importantes da iniciativa, destacando as motivações para viabilizar o complexo estudo, que ilumina o pioneirismo e os passos de seu avô, Parsifal Barroso.

"Ele dizia que os cearenses possuem uma modalidade própria de falar, agir, que não se confunde com qualquer outra. Acreditamos nesse pensamento", explicou Igor Queiroz Barroso. No cerne da pesquisa está uma apresentação do padrão genético da composição do cearense, com uma análise realizada no Laboratório DDC, em Ohio (EUA), a partir de amostras colhidas em todo o Estado.

O presidente do Instituto Myra Eliane lembrou que esse desafio começou em 2017. À época, o prefácio escrito pelo tio, Roberto Parsifal, na reedição de "O Cearense", foi preponderante.

"Me senti impulsionado a cumprir aquela meta, continuar, chegar mais perto do que Parsifal tinha começado. Onde ele começou, eu queria chegar o mais perto da verdade. Aqui trago a honra para Parsifal Barroso", destacou o empresário.

Durante a live, um QR Code foi disponibilizado para os leitores interessados em adquirir a publicação. Os espectadores também conferiram a entrevista com o biogeneticista Eran Elhaik, professor-doutor da Universidade de Sheffield (Reino Unido), consultor na pesquisa genética e autor da metodologia GPS (Geographic Population Structure). O colaborador técnico da pesquisa, médico Evangelista Torquato, reforçou o debate: "Vem dar uma contribuição a mais para as descobertas da nossa origem genética", defendeu.

Interação

As falas contaram com a intermediação do público. A participante Andréa Siqueira, por exemplo, elogiou a iniciativa. "Que venha para as bibliotecas escolares do Ceará, que tenham acesso os nossos alunos de ensino médio".

Já o espectador Magno Câmara argumentou que o livro abrirá novas perspectivas ao povo cearense. "A história passada e sua ancestralidade sempre interessam à cultura de uma raça e de sua população. Com isso, descobriremos pra onde vamos. Uma obra que vai esclarecer as singularidades ancestrais e atuais do cearense".

Fundado em 2016, o Instituto Myra Eliane objetiva a educação infantil com base nos valores humanos. Como editora, já tinha quatro obras: a reedição do livro "O Cearense" (Parsifal Barroso), "Olga Barroso - Na vanguarda da vida" (Juarez Leitão), "Parsifal - Um intelectual na política" (Luís Sérgio Santos) e a reedição de "Pequena História do Ceará" (Raimundo Girão).

"Acreditem na vida. A despeito dessa pandemia que estamos passando. A despeito do que aconteceu em Beirute. Eu poderia dizer de cor as palavras do meu avô, Edson Queiroz. 'Não deixem de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho'. Vocês terão desafios. A vida, às vezes, é injusta. Mas, não deixem de crer na vida. Ela pode ser maravilhosa quando você tem bons valores, amigos, companheiros. A vida vale a pena ser vivida. Eu acredito na vida", concluiu Igor Queiroz Barroso.

Onde adquirir o livro:

A obra “O Cearense Revelado: uma jornada via DNA desvenda nossa ancestralidade”, de Luís Sérgio Santos, com prefácio do empresário e presidente do Instituto Myra Eliane, Igor Queiroz Barroso, está disponível por R$80, na sede do Instituto Myra Eliane, localizada na Av. Desembargador Moreira, 2120, sala 504, Aldeota. Para compra e outras informações: (85) 9 9412-3827 (Whatsapp).

 

Você tem interesse em receber mais conteúdo da cidade de Fortaleza?

Assuntos Relacionados