Hospital de Caucaia apura denúncia de descaso com corpos de pacientes; vídeo

Em vídeo, um caixão aberto aparece sendo manipulado na área externa da unidade de saúde

A Prefeitura de Caucaia apura denúncia feita em vídeo sobre a forma inadequada como um caixão aberto estava sendo manuseado na parte externa do Hospital Municipal Doutor Abelardo Gadelha da Rocha, em Caucaia.

As imagens mostram o caixão aberto próximo a um carro funerário com a porta traseira levantada. Pela distância da gravação não é possível afirmar se há de fato um corpo, mas uma pessoa trajando equipamentos de proteção individual permanece ao lado do caixão, como estivesse arrumando o interior do compartimento do lado de fora do hospital. 

 

Em nota, a Prefeitura de Caucaia informou que "a direção do Hospital Municipal Doutor Abelardo Gadelha da Rocha, logo que recebeu a denúncia solicitou que as imagens do vídeo fossem apuradas para tomar todas as medidas administrativas cabíveis". Esclareceu ainda que "não é a conduta do hospital o procedimento realizado que aparece nas imagens". 

Mortes por Covid-19 em Fortaleza

A unidade de saúde em questão foi a escolhida para receber o hospital de campanha do município para acolher os casos de Covid-19. O local já contava com 52 leitos para a enfermidade, sendo 42 de enfermaria e 10 UTIs. Com o fim das obras de extensão, foram acrescidas 40 enfermarias exclusivas para pacientes da doença.

Caucaia é o terceiro município cearense tanto em número de casos confirmados da Covid-19 (1.965, atrás de Fortaleza e Sobral), como em número de óbitos (111, atrás de Fortaleza e Maracanaú), sendo o terceiro a ultrapassar uma centena de mortes, conforme apontado na atualização desta terça-feira (2) na plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde, às 14h55.






Redação 07 de Julho de 2020