Guardas Municipais auxiliam parto dentro de residência no bairro Caça e Pesca, em Fortaleza

A equipe da unidade policial foi acionada pela madrugada e após o nascimento da criança, encaminharam mãe e filho para o Hospital Geral de Fortaleza

Legenda: Guardas municipais comemoram o sucesso da operação e se alegram por poderem ter sido úteis para a família do bebê

Guardas do Programa Municipal de Proteção Urbana, voltado para a proteção comunitária, tiveram uma atuação diferente da habitual na madrugada deste sábado (30). Eles foram acionados por um morador do bairro Caça e Pesca, em Fortaleza, e auxiliariam o parto de uma jovem da comunidade. Após o nascimento do bebê, parte da equipe encaminhou a família para o Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

“A equipe chegou a conduzir toda a parte psicológica da mãe, dando as orientações das contrações. Logo após o nascimento, a família foi conduzida até o HGF, onde recebeu o atendimento de um médico especialista. Foi constatado que estavam em boas condições de saída e que poderiam voltar para as suas residências”, explica o inspetor Paulo Martins, coordenador da célula de proteção comunitária.

A equipe da Guarda Municipal chegou a contactar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), logo que tomou conhecimento da situação. No entanto, no momento da chamada, não havia nenhuma ambulância disponível. Como os guardas do programa também possuem formação para atendimento pré-hospitalar, seguindo uma grade curricular nacional, realizaram o deslocamento para a residência a fim de realizar o parto. 

“Quando essa criança, do sexo masculino, teve o trabalho de parto concluído, foi feito todo o procedimento padrão e foi cortado o cordão umbilical”, detalha Paulo.

Para ele, o sentimento de felicidade se sobressai devido à operação. “A gente está mais habituado a ter enfrentamento de violência, a combater o crime. Quando a população solicita nosso apoio nesse sentido e a gente pode ser útil, a sensação é de uma alegria imensa”, finaliza o inspetor.