Fortaleza tem a segunda maior taxa de mortalidade por Covid-19 do País

Já o Ceará subiu da quarta para a terceira posição entre os Estados com maior incidência do novo coronavírus, segundo dados do Ministério da Saúde

A Região Metropolitana de Fortaleza tem a segunda maior taxa de mortalidade pela Covid-19 do País, ficando atrás somente de São Paulo. Segundo dados apresentados pelo Ministério da Saúde (MS) nesta quinta-feira (9), a capital cearense tem 1,5 morte por 100 mil habitantes, enquanto São Paulo registra índice de mortalidade de 2,8 por 100 mil habitantes. 

A Capital também está no topo do ranking do Brasil em número de casos da doença. Já o Ceará subiu da quarta para a terceira posição entre os Estados com maior incidência do novo coronavírus. 

> Localização por sinal de celulares aponta que 52,9% da população cearense cumpre isolamento social
Governo do Ceará vai distribuir vale-alimentação de R$ 80 para 423 mil alunos da rede estadual

> Cidades do Ceará fecham entrada para visitantes às vésperas da Semana Santa; veja lista

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, chegou a citar Fortaleza nesta semana, durante coletiva para divulgar o balanço da pandemia no Brasil, como uma das capitais com a situação mais crítica, afirmando que “se tivesse em Fortaleza estaria extremamente preocupado”.

São 1.445 casos do novo coronavírus confirmados no Ceará, destes, 1.283 estão em Fortaleza. Ao todo, 57 mortes já foram registradas, de acordo com levantamento do IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), atualizado até as 17h desta quinta-feira. 

Somente na quarta-feira (8), 13 mortes foram contabilizadas no Estado, o maior desde o início da pandemia no Ceará. A alta supera a ocorrida entre os dias 1 e 2 de abril, quando o número saltou de 9 para 21 mortes. Ao todo, 46 cidades cearenses já registraram óbitos.

 

 

 


Categorias Relacionadas