Filipino passa mal em alto-mar e é resgatado pela Marinha do Brasil no Ceará

Resgate contou também com a participação da Força Aérea Brasileira. O homem estava a bordo de um navio mercante que navegava a cerca de 277 km de Fortaleza quando sentiu fortes dores abdominais

Legenda: O resgate do tripulante foi realizado com o auxílio de uma aeronave da Força Aérea Brasileira
Foto: Divulgação/Marinha do Brasil

Um filipino de 38 anos, tripulante de um navio mercante que navegava a cerca de 150 milhas náuticas - o equivalente a 277 quilômetros - de Fortaleza, foi resgatado pelo Salvamar Nordeste, órgão da Marinha do Brasil, em parceria com a Força Aérea Brasileira, na última sexta-feira (24), após passar mal em alto-mar.

De acordo com a Marinha, o homem estava a bordo do navio “Halcon Trader” quando sentiu fortes dores abdominais, demandando assistência médica.

O navio vinha de Nova Orleans, nos Estados Unidos, com destino a Santos, no litoral de São Paulo. Segundo a Força Aérea, o filipino estava com suspeita de pancreatite aguda. 

A operação de busca e salvamento, coordenada pelo Salvamar Nordeste, contou com o apoio de uma aeronave H-36 Caracal, do Esquadrão Falcão (1º/8ºGAV), da Força Aérea Brasileira. Foi com o auxílio da aeronave que o homem foi transportado até o pátio da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), em Fortaleza.

A equipe de Busca e Salvamento da Capitania dos Portos do Ceará contribuiu com a ação de resgate, acionando uma ambulância e acompanhando o deslocamento do tripulante até o hospital.

 

Você tem interesse em receber mais conteúdo da cidade de Fortaleza?