Filhote de peixe-boi é resgatado

Esse já é o sétimo filhote em reabilitação nas facilidades da Aquasis

Um filhote do sexo feminino de peixe-boi foi encontrado, nessa sexta-feira (20), encalhado na praia de Manibú, distante 224km de Fortaleza. O animal apresentava sinais de desidratação e fora gravemente ferido no focinho por cachorros que vagavam na praia. Por ainda estar com o cordão umbilical, os estima-se que ela tenha pouco mais de um dia de vida.
 
Uma moradora da região acionou o Projeto Manati, realizado pela Aquasis, que possui uma bióloga no local e deslocou uma equipe de resgate para aquela praia. Uma equipe do projeto Cetáceos da Costa Branca da UERN também foi enviada para o local auxiliar no resgate do animal.
 
O filhote apresentava um estado de saúde estável, apesar do ferimento causado pelos cães, e foi imediatamente atendido pela veterinária em campo do projeto Cetáceos da Costa Branca. Após os primeiros socorros, o filhote foi levado para o Centro de Reabilitação de Mamíferos Marinhos da Aquasis (CRMM), situado na colônia ecológica do SESC em Iparana, em Caucaia.
 
Os veterinários do Projeto Manatí realizaram os exames e tratamentos necessários e já alojaram a pequena fêmea de 1,16 m em uma piscina, enquanto os filhotes Tico e Teco, resgatados em outubro de 2014, são levados para um novo tanque.
 
Esse já é o sétimo filhote em reabilitação nas facilidades da Aquasis. Os animais ficam aproximadamente dois anos no CRMM , até atingirem a idade adulta e serem levados para um novo estágio de reabilitação em cativeiro em áreas naturais.
 
A quantidade de encalhes seguidos preocupa os biólogos da Aquasis. A capacidade máxima de ocupação do centro é de 12 animais ao mesmo tempo.
Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza

Assuntos Relacionados