Duas vítimas de desabamento de prédio são veladas em cemitério no Eusébio

O enterro da psicóloga Nayara Pinho Silveira e da aposentada Maria da Penha Bezerril Cavalcante aconteceu no Cemitério Jardim Metropolitano

Legenda: Familiares e amigos se despediram da aposentada Maria da Penha Bezerril Cavalcente nesta sexta-feira (18).
Foto: Foto: Livia Baral

Os corpos da psicóloga Nayara Pinho Silveira, de 31 anos, e da aposentada Maria da Penha Bezerril Cavalcante, de 81 anos, foram sepultados na tarde desta sexta-feira (18), no Cemitério Jardim Metropolitano, no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza. O Edifício Andrea, de sete andares, desabou na manhã da terça-feira (15), no bairro Dionísio Torres. O corpo de Antônio Gildásio Holanda Silveira, pai de Nayara foi cremado no local.

Familiares e amigos de Nayara Pinho estavam muito comovidos e não quiseram falar com a imprensa. 

Parentes próximos de Maria da Penha disseram que ela era bastante querida por todos e se disseram muito abalados com a perda. "Ela morava com a filha e uma empregada que no dia do desastre tinha saído para trabalhar. Todo mundo gostava dela, é uma pena, uma grande perda", declarou um familiar, que preferiu não se identificar.

Resgastes

O resgate do corpo da psicóloga Nayara Pinho aconteceu por volta de meio dia desta quinta-feira (17), mas a identificação dela só divulgada no início da noite pelo comandante do Corpo de Bombeiros, Luiz Eduardo de Holanda.

O corpo de Maria da Penha Bezerril Cavalcante foi localizado na quarta-feira (16), mas o resgate e a identificação só ocorreram por volta das 19h desta quinta-feira (17).


Categorias Relacionadas


Redação 12 de Julho de 2020