Delegacia entrega documentos e dinheiro de vítima do desastre no Edifício Andrea para filha da idosa

Familiares, contudo, informaram que não receberam os pertences de Izaura Marques Menezes, 81 anos. Ela foi uma das vítimas do prédio que desabou por volta das 10h28 da última terça-feira (15), no Bairro Dionísio Torres

Legenda: Corpo de Bombeiros trabalhando no local do desabamento
Foto: Helene Santos/ Sistema Verdes Mares

A Delegacia do 4º Distrito Policial, em Fortaleza, informou ter entregado documentos e dinheiro para a filha de Izaura Marques Menezes, 81 anos, encontrados pelo Corpo de Bombeiros nos escombros do Edifício Andrea, na tarde desta quinta-feira (17). Ela foi uma das vítimas do desabamento do prédio, que aconteceu por volta das 10h28 da última terça-feira (15), no bairro Dionísio Torres. Familiares, contudo, afirmam que não receberam ainda nenhum dos pertences de Izaura.

Izaura Marques Menezes foi a segunda vítima identificada oficialmente pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS). A idosa, que foi encontrada por baixo dos escombros do edifício, é avó de Fernando Marques, de 20 anos, o primeiro sobrevivente resgatado do desastre. Izaura também é esposa de Vicente de Paula Vasconcelos de Menezes, de 87 anos, e mãe de Rosane Marques de Menezes, de 55 anos, que ainda estão desaparecidos.

Bombeiros confirmam 5ª morte

O Corpo de Bombeiros que trabalha sobre os escombros do Edifício Andrea retiraram dois corpos do local nesta quinta-feira (17), o terceiro dia de buscas. De acordo com o comandante da operação, Luis Eduardo Holanda, a quarta vítima morta após o desmoronamento ocorrido na terça-feira (15) é de um homem. Ele foi retirado dos escombros por volta de 6h45.

O segundo corpo foi achado por volta de meio-dia. É de uma mulher não identificada. Com isso, já são cinco mortes confirmadas na tragédia, sendo três mulheres mortas (o corpo de uma delas ainda está nos escombros) e dois homens. 

Pouco após o meio-dia, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que o corpo retirado nesta manhã é de Antônio Gildasio Holanda Silveira, de 60 anos. Ele foi identificado pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) por meio da impressão digital.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza


Redação 30 de Novembro de 2020