Cratera que 'engoliu' duplex no bairro Pirambu volta a abrir após aterramento

A Prefeitura garante que o ocorreu o assentamento do material depositado no buraco e que o rebaixamento da terra já era prevista

Foto: Foto: Leabem Monteiro

A cratera que "engoliu" um duplex, na última sexta-feira (14), no cruzamento das ruas Santa Inês e Álvaro de Alencar, no Pirambu, em Fortaleza, voltou a abrir neste domingo (16). Após a ocorrência, o local foi aterrado de forma emergencial por equipes da Prefeitura de Fortaleza. 

Os moradores da área informaram que a força da chuva, na noite de sábado (15), reabriu a cratera. Na manhã deste domingo é possível perceber erosão da terra depositada na cratera. Os moradores temem que a situação se agrave e novas ocorrências sejam registradas.  

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf), informou que equipes estiverem no local para fazer uma contenção e evitar que a erosão fosse maior. Questionada sobre a reabertura do buraco, a assessoria da Seinf disse ser o "assentamento do material depositado no buraco" e que esta ação já era prevista por conta da chuva. 

A recuperação definitiva do local só será iniciada na segunda-feira (17) e a previsão é que a intervenção dure duas semanas, segundo a Seinf.  

Na madrugada de sexta-feira, um duplex desabou após a cratera abrir. Uma residência e um ponto comercial foram atingidos pelo desabamento. Além de equipes da Prefeitura, profissionais da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) também estiveram no local para realizar reparos nas redes de água e esgoto danificadas no momento da ocorrência.

No local, não havia ninguém morando. O imóvel, há cerca de três meses, foi interditado pela Defesa Civil, conforme contou a proprietária Marta Alves de Souza.


Categorias Relacionadas


Redação 03 de Julho de 2020