Covid-19: municípios do interior do Ceará apresentam redução no número de casos e óbitos

A secretária executiva de Vigilância e Regulação da Sesa, Magda Almeida, comentou as informações apontadas no novo boletim epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (22)

Os municípios do Sertão Central, da Região Norte, do Litoral Leste e do Cariri apresentaram, nesta semana, redução no número de casos confirmados e mortes pela Covid-19. A informação, contida no boletim epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (22) pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) foi ressaltada pela secretária executiva de Vigilância e Regulação da pasta, Magda Almeida.

"Municípios e áreas centralizadas que semana passada nos preocupavam, nessa semana mostraram melhora nos indicadores, tanto em relação à redução de óbitos, quanto em relação ao número de casos. Isso foi um cenário mais animador", aponta Magda Almeida.

Conforme o documento, o Litoral Leste teve a maior redução no período: 41,5% menos casos confirmados. Já no Cariri, a queda foi de 22,3% e, no Sertão Central a redução foi de 12,5%. A menor redução foi na Região Norte, de 1,2%. 

O novo boletim divulgado nesta quinta pela Sesa também aponta um aumento no número de casos na Região de Saúde de Fortaleza, o que, segundo Magda, alerta para os cuidados que devem ser mantidos pela população. 

"A gente observou um aumento do número de casos confirmados em Fortaleza e na Região de Saúde de Fortaleza. Isso nos faz lembrar que a gente ainda está em pandemia. Que a gente não pode esquecer das medidas de etiqueta respiratória, do uso de máscara obrigatório, de evitar as aglomerações, manter o distanciamento social, porque infelizmente a pandemia não acabou", diz.

Segundo a secretária, a cidade de Crateús, no interior do Estado, que vinha apresentando aumento no número de casos e de óbitos em decorrência da Covid-19 na semana anterior, já passou a apresentar uma diminuição nos indicadores no novo boletim.

"Crateús, que foi um dos municípios que a gente levantou a preocupação no boletim passado, tem mostrado melhora nos indicadores e é interessante a gente chamar atenção que Crateús tem seguido as recomendações da secretaria, pra que a testagem de RT-PCR seja ampliada", reforça.

Aumento em Fortaleza

A Região de Saúde de Fortaleza, uma somatória da capital cearense e outros 43 municípios, registrou aumento de 72% no número de novos casos confirmados de Covid-19, em um intervalo de sete dias, conforme boletim epidemiológico da Sesa divulgado nesta quinta-feira (22). Foram 743 confirmações entre 10 e 17 de outubro, uma média de 106 por dia.

O número de óbitos pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) também cresceu: foram oito mortes registradas na última semana, 33,3% a mais em comparação à semana anterior. Em todo o Ceará, somente a Região de Saúde de Fortaleza apresentou aumento de casos confirmados no período, segundo a Sesa. É ela, aliás, que concentra o maior número de casos e óbitos em todo o período da pandemia, com 107.692 confirmações e 5.854 vidas perdidas. 

A média móvel de casos confirmados na área cresceu 16% em relação à semana epidemiológica 40, passando de 94,9 para 110,4. Já a média móvel de óbitos caiu 54% no mesmo período, diminuindo de 21,7 para 10. 

Além da Capital, os municípios que compõem a região são: Aquiraz, Eusébio, Itaitinga, Apuiarés, Caucaia, General Sampaio, Itapajé, Paracuru, Paraipaba, Pentecoste, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Tejuçuoca, Acarape, Barreira, Guaiúba, Maracanaú, Maranguape, Pacatuba, Palmácia, Redenção, Aracoiaba, Aratuba, Baturité, Capistrano, Guaramiranga, Itapiúna, Mulungu, Pacoti, Amontada, Itapipoca, Miraíma, Trairi, Tururu, Umirim, Uruburetama, Beberibe, Cascavel, Chorozinho, Horizonte, Ocara, Pacajus e Pindoretama.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza