Coronavírus: Durante quarentena, padre faz bênção da janela de um prédio na Av. Domingos Olímpio

O momento acontece após ele rezar o terço da misericórdia durante uma live no instagram. A ação teve início no dia dezoito de março, quando as primeiras medidas de quarentena por conta do coronavírus foram iniciadas

Legenda: A ação teve início no dia dezoito de março, quando as primeiras medidas de quarentena por conta do coronavírus foram iniciadas
Foto: Foto: Camila Lima

Todas as tardes, às 15h, o padre Douglimar Lucena da Igreja do Carmo, em Fortaleza, reza o Terço da Misericórdia em uma live no instagram. Após o momento de oração, o religioso vai até a janela do seu condomínio, na Av. Domingos Olímpio, para dar a bênção. A ação teve início no dia dezoito de março, quando as primeiras medidas de quarentena por conta do coronavírus foram iniciadas.

Foto: Foto: Camila Lima/SVM

Há mais de sete dias sem sair de casa, a não ser para ir ao mercado, o padre Douglimar, junto a outros paroquianos, resolveu estender a ação de evangelização da Igreja do Carmo. O terço da misericórdia de sexta-feira passou a ser todos os dias através da internet. "Pensamos em continuar atender as pessoas. Com essa situação de quarentena, queríamos ficar perto do povo. Cerca de 1200 pessoas acessam a live no instagram, 700 ficam até o final", relata.

>Irmãs carmelitas ensinam como viver melhor o período de isolamento por conta do coronavírus

>Brasil tem 92 mortes por novo coronavírus, aponta Ministério da Saúde

De acordo com o padre, o momento de oração pela internet dura em torno de quarentena minutos. Às 15h40, de frente para uma das principais avenidas da capital, começa o momento da bênção, que é acompanhada por fiéis da vizinhança. "Muita fé, muita esperança. O povo clama por Deus", pontua.

Foto: Foto: Camila Lima/SVM

"Quando dá 14h30, o padre coloca um pano branco na janela dele e, depois, a gente coloca na nossa. Isso aqui é uma bênção na nossa Domingos Olímpio", conta uma das fiéis que acompanha a ação religiosa, Lucy Brasil, 52.

Lucy Brasil já acompanha o padre Douglimar há dois anos. Ministra da eucaristia e integrante do grupo de oração da Igreja do Carmo, ela participava do terço da misericórdia toda sexta-feira. Desde o dia 16 deste mês, Lucy está de quarentena e não sai de casa para nada, já que faz parte do grupo de risco para o novo coronavírus. De acordo com ela, o momento da bênção é de paz. 

Foto: Foto: Camila Lima/SVM

"Acompanho as lives, as bênçãos começaram essa semana e são maravilhosas. É um momento de alívio para todos nós nesse momento tão delicado. Rezamos sempre pela saúde no mundo" Lucy Brasil

Alcance

"A cada dia aumenta mais", conta o padre sobre os fiéis na live e durante a bênção. O padre já recebeu diversos testemunhos após o início das ações religiosas. "Pessoas que estavam aflitas e agora estão em paz. Tem uma senhora que não pode se levantar, mas consegue ver da janela e se sente fortalecida ", esclarece.

Foto: Foto: Camila Lima/SVM
 

A divulgação aconteceu através do instagram do padre e outros paroquianos que moram no prédio foram compartilhando com outros vizinhos. Contudo, a ação se tornou maior do que o planejado. "Pessoas do interior do Ceará e de outros estados estão chegando através da live", ressalta. Para o padre Douglimar, a experiência é importante "para sustentar a fé do povo que necessita ainda mais de Deus nesse momento", explica.

Foto: Foto: Camila Lima/SVM

Com o grande alcance da live, o objetivo para o futuro é transmitir nas redes sociais o terço da misericórdia de sexta-feira.



Redação 07 de Junho de 2020