Carnaval 2019: na segunda, criançada anima festas em Fortaleza

Passeio Público e Praça da Gentilândia contaram com a presença dos pequenos

Foto: Foto: José Leomar

Em plena segunda-feira de manhã, um dos lugares de maior força histórica na capital cearense estava tomado por super-heróis, personagens de desenho animado e muito confete. Carnaval das crianças, no Passeio Público, é assim: lugar de fantasia e ludicidade. 

Foto: Foto: José Leomar

Teve Branca de Neve em dose dupla. Clarice e Cecília Almeida Bezerra são gêmeas e têm 10 meses de idade. Os pais, Djania Beserra e Cícero Almeida, já conheciam o carnaval do Passeio Público e sempre acharam a festa muito animada. “É importante que as crianças tenham a oportunidade de vivenciar a ludicidade do carnaval”, comenta a mãe da dupla. 

Foto: Foto: José Leomar


O João Miguel Gomes tem 2 anos e foi pela primeira vez ao carnaval do Passeio Público. Fantasiado de pirata, ele está curtindo a festa. A mãe Roberta Paula é pedagoga e está gostando muito das opções do carnaval de Fortaleza.

Foto: Foto: José Leomar

A Marina Melo, de  2 anos, começou cedo e já curte pela segunda vez o carnaval. A fantasia foi motivada pela brincadeira que a menina sempre faz, onde encarna o papel de médica e cuida das pessoas. Desde muito cedo, por volta de 8h30 da manhã, ela estava ansiosa para vir à festa. 

Foto: Foto: José Leomar


Catharina Pontes tem 11 meses. No primeiro carnaval da vida, está fantasiada de borboleta. A mãe, Manuela Pontes, é servidora pública e está gostando da experiência com a caçula. Ela já tinha o costume de vir à festa com a filha mais velha e agora está passando a tradição pra frente.

Foto: Foto: José Leomar


Olívia Neves, de 2 anos, veio com uma fantasia mista. O chapéu é de bruxa, mas as asas são de passarinho. Ao lado dela, Francisco Costa, de 3 anos. É o primeiro carnaval que ele curte, fantasiado de homem aranha. 

Clima familiar

O carnaval da praça da Gentilândia, no bairro Benfica, também contou com a presença de muitos pequenos nessa manhã, apesar de a festa não ser focada exclusivamente neles.

Foto: Foto: José Leomar


Priscila Lacerda e Maria Eduarda Sousa são primas. Essa é a segunda vez que Priscila não viaja e curte o carnaval em Fortaleza.  "Sempre vou ao Mercado dos Pinhões, acho bom, calmo e tranquilo. Dá pra ficar de boa e não tem confusão. As pessoas respeitam, por incrível que pareça. Nunca tive um episódio de assédio". Ao Benfica é a primeira vez que vem: "acabei de chegar, viemos por causa das crianças porque aqui é melhor pra eles". 

Foto: Foto: José Leomar


Maab Salgado curtiu a folia do benfica com o filho João Marins de 1 ano e oito meses. No carnaval passado, ele foi pra algumas festas, mas agora consegue aproveitar mais, de acordo com a mãe. "Estou achando tranquilo, seguro, bem policiado. As músicas são legais. Pra mim, é melhor que viajar", destaca a coordenadora de marketing.

Foto: Foto: José Leomar


Dayse Abreu veio com a família. "É a primeira vez que eu venho para a pracinha da Gentilândia. Se eu soubesse que era legal assim, tinha vindo antes. É bem família, perfeito pra vir com a criançada", celebra a estudante de psicologia.

Foto: Foto: José Leomar


Júllia Schuab veio do Rio de Janeiro para conhecer o carnaval fortalezense. Acompanhada na viagem pela mãe e pela tia, a garota está gostando da capital cearense: “as praias são muito boas e a água é quentinha. No Rio, as águas são muito geladas".

Foto: Foto: José Leomar


Adultos também voltaram à infância para curtir a festa mais lúdica do ano. Mônica Nascimento escolheu se fantasiar da personagem de Maurício de Sousa que leva o nome dela. Nos últimos anos, a esteticista tem optado por curtir por aqui: "a gente brincava fora, em Paracuru, Aracati e Parajuru, mas ultimamente tem sido em Fortaleza. Com filho pequeno, fica mais difícil viajar e o carnaval de Fortaleza está bem animado".