Camilo se reunirá com ministros para discutir rumos da economia durante crise do coronavírus

O governador afirmou ainda que está formulando medidas de auxílio a população mais vulnerável

Foto: Foto: Reprodução/Facebook

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), deverá se reunir na próxima semana com os ministros da Saúde, Luiz Mandetta, e da Economia, Paulo Guedes, para discutir o futuro do Ceará e dos demais estados em relação à pandemia do novo coronavírus. A informação foi dada pelo gestor durante live no Facebook na noite deste sábado (21). 

"Vamos discutir medidas a médio e longo prazo que serão tomadas. Do ponto de vista da economia, a situação que vai ficar na economia e proteger o máximo possível os setores no estado e no Brasil, e na saúde para ver as decisões que serão tomadas para esta pandemia", pontua.

Em outro momento do pronunciamento, Camilo chamou atenção para a população em vulnerabilidade no Ceará. Segundo ele, as equipes econômicas do governo estudam estratégias para dar assistência a essas pessoas.

"Estamos trabalhando medidas que anunciaremos em breve em relação a um cuidado importante que teremos da população mais vulnerável do estado do Ceará. São aqueles mais pobres, trabalhadores autônomos que não têm renda, que precisam trabalhar para ter uma renda", declara. 

Entre os pontos, o governador ressalta os esforços para que não haja irregularidades no abastecimento de água a toda a população cearense.

Teste negativo

O governador do Estado do Ceará, Camilo Santana, informou na manhã deste sábado (21) que testou negativo para o novo coronavírus. O anúncio foi feito nas redes sociais do chefe do Executivo estadual, ao garantir que o Hospital Leonardo da Vinci começa a funcionar neste fim de semana para receber pacientes com coronavírus. O Ceará tem 68 casos confirmados da covid-19, segundo o último boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde (Sesa).

84 casos confirmados

O número de casos confirmados com o novo coronavírus no Ceará subiu para 84. A informação foi divulgada neste sábado (21) pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). No boletim anterior, desta sexta-feira, eram 68 casos contabilizados

Até o momento, pelo menos cinco municípios têm casos comprovados da Covid-19. Fortaleza concentra a grande maioria de pacientes, com 76 pessoas infectadas. Também há a presença do novo coronavírus em Aquiraz (4), Sobral (1), Fortim (1), Juazeiro do Norte (1), além de um residente em São Paulo identificado com a doença no Ceará. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza