Cadeiras de rodas bloqueiam vagas de estacionamento na Praça das Flores

Os objetos foram colocados durante uma ação educativa da AMC, para conscientizar motoristas sobre o respeito às vagas especiais

Legenda: O ato fez parte da Semana da Mobilidade, e visa uma maior conscientização dos motoristas sobre o cumprimento às normas exigidas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).
Foto: Foto: Helene Santos

As vagas de estacionamento que cercam a Praça das Flores, no bairro Aldeota, foram ocupadas por cadeiras de rodas na manhã desta sexta-feira (20). Como parte de uma ação educativa da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), cartazes foram pregados nos objetos, exibindo “justificativas” ditas frequentemente por pessoas que estacionam de forma irregular em vagas especiais.   

De 9h às 12h, totens com imagens de idosos, pessoas com deficiência e autistas também foram colocados nas vagas, no intuito de tentar sensibilizar os motoristas a respeitarem a sinalização. O ato fez parte da Semana da Mobilidade, e visa uma maior conscientização dos motoristas sobre o cumprimento às normas exigidas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).  

O uso das vagas especiais é assegurado a idosos com mais de 60 anos e a toda pessoa com deficiência, seja esta física, mental, intelectual ou sensorial, que cause comprometimento direto ou indireto de sua mobilidade.   

“Utilizamos um novo recurso visual para criar um maior impacto na população”, detalha Nertan Rocha, chefe da Gerência de Educação da AMC. Segundo ele, a ideia é que os motoristas não parem no local nem por um minuto. “Quem tem prioridade merece ter o seu direito assegurado”, ressalta. O desrespeito às vagas especiais de estacionamento configura infração gravíssima, com penalidade de sete pontos no prontuário do condutor e multa de R$ 293,47.  

Documento

Para conseguir o acesso, é preciso fazer o credenciamento junto à AMC. Os interessados devem apresentar os documentos de identidade, CPF e comprovante de endereço atualizado, informando que reside em Fortaleza. No caso do deficiente, é preciso acrescentar um laudo médico que ateste seu diagnóstico.   

As Centrais de Atendimento da AMC nos shoppings RioMar, Benfica e Del Paseo disponibilizam o serviço, assim como o Vapt Vupt de Messejana e do Antônio Bezerra. O procedimento também pode ser realizado online, pelo aplicativo AMC Móvel.  

O documento é emitido na hora, e pode ser utilizado em qualquer veículo ocupado pelo beneficiário, tanto na condição de motorista quanto de passageiro. O prazo de validade é de cinco anos.  

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza


Redação 29 de Outubro de 2020