Cachorros que viviam em casa que pegou fogo são transferidos para novo lar

Incêndio começou após a proprietária acender uma vela para São Lázaro, protetor dos animais doentes, segundo a crença católica

Escrito por Redação,

Metro

Os cachorros abrigados na casa que pegou fogo no Bairro Cidade 2000 na noite desta segunda-feira (29), ganharam um novo lar na Sabiaguaba, com ajuda do Abrigo São Lázaro, que também cuida de animais.

Cerca de 80 cães foram levados até o novo espaço, com ajuda de protetores independentes de animais, juntamente com a proprietária da residência incendiada, Cláudia Brancoso.

O incêndio foi provocado por um vela, esquecida acesa pela dona de casa. Católica, Cláudia Brancoso conta que a vela foi direcionada a São Lázaro e colocada num santuário deixado de herança pelo avô dela. O pedido foi de ajuda pela situação em que se encontrava ao cuidar de tantos cachorros em casa, sozinha.

“Engraçado como uma tragédia, algo tão desesperador, trouxe só coisas boas. A vela que queimou foi no santuário do meu avô, que era muito religioso, e ele já tinha esse santuário há quase 60 anos. Ele se foi e deixou o santuário na minha casa. Eu acendi a vela para São Lázaro e pedi que ele me ajudasse porque eu não tava mais aguentando tanta pressão, e eu sozinha”, disse.

Há 11 anos cuidando de animais, a dona de casa reconhece que, apesar do amor, não estava mais conseguindo cuidar deles sozinha. “É humanamente impossível. Eles me amam, é lógico, e eu vivo pra eles. Eu sou a vida deles e eles são a minha vida. Sempre foi assim, mas lutar só é impossível”, lamenta.

Os animais vão ser cuidados no novo espaço e estão disponíveis para adoção

Foto: Foto: Priscila Morais/Divulgação