Atividades administrativas presenciais na UFC retornam a partir do dia 6 de julho

Volta acontecerá em três datas. Até 30 de outubro próximo, a previsão é que 100% do calendário esteja na normalidade

UFC volta com atendimento administrativo a partir de 6 de julho
Legenda: UFC volta com atendimento administrativo a partir de 6 de julho

Mais de três meses após suspender aulas e atividades presenciais por conta da pandemia de Covid-19, a Universidade Federal do Ceará (UFC) divulgou nesta segunda-feira (29) o plano de retomada do calendário administrativo in loco, que já começa a valer a partir do próximo dia 6 de julho.  
 
Segundo a Portaria nº 97, assinada pelo reitor Cândido Albuquerque, o retorno gradual, assim como a economia do Estado, envolverá servidores docentes e técnico-administrativos, além dos colaboradores terceirizados. A previsão é que até 30 de outubro, 100% das atividades tenham retornado. 
 
No dia 6 de julho, início do cumprimento da decisão, voltam aos postos de trabalho servidores em cargos de direção, coordenadores e vice-coordenadores de cursos e chefes de Departamento Acadêmico.
 
Já em 15 de julho, está autorizado o retorno presencial de diretores de unidades administrativas, unidades de atendimento ao público externo e demais servidores que possuem função gratificada (FG).
 
Outros servidores e colaboradores terceirizados retornam no dia 3 de agosto, com exceção daqueles que tenham acima de 60 anos de idade, sejam gestantes ou lactantes, possuam doenças crônicas, estejam em tratamento oncológico ou com imunossupressores, por exemplo.
 
Ainda conforme a determinação, o atendimento ao público externo de forma presencial, quando não for possível ser realizado a distância, deverá ser planejado com base em critérios de segurança.
 
"Seguir as medidas de higiene e de segurança determinadas pelo Ministério da Saúde, e o Plano de Atividades Presenciais elaborado pela UFC Infra, por meio da intensificação das medidas administrativas preventivas, como organização, limpeza, adequação do layout, adoção de novas rotinas de trabalho; e do uso de equipamentos de proteção individual adequados".
 
A UFC paralisou as atividades no dia 16 de março, quando cancelou aulas e eventos presenciais e estágios supervisionados e funcionamento de bibliotecas. 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza