Albert Sabin tem queda de energia e vazamento de água na UTI

Ocorrência foi registrada por volta de 11h30 desta segunda-feira (30) durante chuva que atingiu Fortaleza

Escrito por Redação,

Metro
Legenda: UTI 1 apresentou queda de energia
Foto: FOTO: ARQUIVO PESSOAL

Durante a chuva na manhã desta segunda-feira (30), a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Infantil Albert Sabin (Hias) apresentou falhas estruturais. Houve queda de energia na UTI 1, que acomodava 15 crianças; e vazamento de água na UTI 3 com oito pacientes.

A ocorrência foi registrada por volta de 11h30, conforme uma mãe (identidade preservada) e mobilizou pediatras, enfermeiros, técnicos de enfermagem e até seguranças. Enquanto as crianças eram realocadas, o ambiente ficou interditado. 

“Na hora, uns transportavam os bebês e outros ligavam a lanterna do celular para iluminar porque estava tudo escuro”, detalha. Ela complementa que um gerador portátil foi usado depois para ligar os aparelhos dos pacientes da UTI 1.

Alagamento

Ainda segundo as mães, a situação ficou ainda mais grave na UTI 3, que ficou alagada com água que entrou pelo teto. “As crianças ficaram todas molhadas, os fios dos aparelhos no chão. A água bateu na canela. Isso é um absurdo sem fim”, avalia. 

“Todas as crianças estão sob os cuidados de equipe multidisciplinar e se encontram estáveis. O Hospital lamenta o incidente e informa ainda que todas as medidas necessárias foram providenciadas para garantir a segurança e continuidade do atendimento dos pacientes”, informou a assessoria de comunicação do Albert Sabin. 

As primeiras crianças realocadas foram as internadas na UTI 3. Elas estão em leitos da nova emergência do próprio Hias. Os pacientes da UTI 1 começaram a ser transferidas somente por volta de 17h30. Dos 15 internados, até agora quatro crianças foram encaminhadas, sendo duas para salas de UTI do Hias e outras duas para o Sopai. Parte dos pacientes também será alocado para o Hospital Waldemar de Alcântara.