Acusado de feminicídio em Itapajé é condenado a 15 anos de prisão

Francisco Gentil Lopes Neto foi condenado por praticar crime contra a companheira em 2017

Acusado de assassinar a companheira por esganadura e esconder o corpo embaixo da cama, Francisco Gentil Lopes Neto foi condenado a 15 anos de prisão, na última quinta-feira (25). O crime aconteceu no dia 25 de setembro de 2017, no município de Itapajé. 

Francisco foi denunciado pelo crime de feminicídio e a condenação se deu pela Comarca de Itapajé, que realizou quatro sessões de julgamento do tribunal do júri em quatro dias. O caso em questão envolveu o primeiro júri popular pelo crime de feminicídio no município. 

A defesa pediu a absolvição por ausência de provas da morte por asfixia, mas a tese não foi aceita pelo júri. Francisco está preso e não poderá recorrer em liberdade.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza

Assuntos Relacionados