Wellington Paulista credita faixa de capitão por falar muito alto: "minha mulher até briga comigo"

"Com a faixa, sempre fui falante, alguém que conversa, incentiva bastante, grita muito", disse o atleta em coletiva

Legenda: Camisa 9 do Fortaleza tem 4 gols e uma assistência no Brasileirão 2020
Foto: Camila Lima

Capitão e artilheiro do Fortaleza na Séria A do Brasileirão, o atacante Wellington Paulista vive grande fase. Referência dentro e fora de campo do grupo tricolor, o camisa 9 acredita que conquistou a faixa de capitão, entre outras características, por sempre ter falado muito alto.

"Sempre fui assim. Com a faixa, sempre fui falante, alguém que conversa, incentiva bastante, grita muito. Não consigo falar baixo. Sempre falei muito alto, com voz ativa nos grupos que trabalhei. Deve ser por isso que alguns treinadores confiam a faixa de capitão pra mim. Minha mulher até briga comigo: "por que você tá gritando? Estamos dentro de casa" (risos). Na minha família, todo mundo é assim", revelou Wellington em coletiva online.

O atleta de 37 anos atuou em 27 partidas nesta temporada e anotou 10 gols, se aproximando de sua marca de 15 feitos em 2019. Desse número, dois deles foram no icônico empate por 3 a 3 com o Santos, pela 16ª rodada da Série A passada. O Leão buscou a igualdade após o Peixe abrir 3 de vantagem e W. Paulista foi fundamental na reação na Vila Belmiro.

"Um jogo épico, como costumam falar. Mas espero que não aconteça de novo 3 a 0 primeiro. Sofrer como sofremos naquele dia foi muito complicado. Um time que põe o adversário pra trás com toque de bola. Temos que saber marcá-los para fazer gols no contra-ataque. Espero que possamos fazer um grande jogo e sair com a vitória da Vila", comentou o atacante.

O duelo contra o Santos ocorre neste domingo, a partir das 20h30, pela 12ª rodada da elite nacional. Apenas um ponto separa os dois times na tabela: Santos (8º), com 16 pontos e Fortaleza (9º) com 15.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte