Wellington Paulista comenta mudança na forma de bater pênalti e elogia Rogério Ceni

Atacante descreveu Ceni como: "Melhor treinador com quem já trabalhei"

Legenda: Wellington Paulista é o artilheiro do Leão na Série A
Foto: CAMILA LIMA

Decisivo na vitória do Fortaleza por 2 a 0 diante da Chapecoense na última quarta-feira, Wellington Paulista concedeu entrevista ao Seleção SporTV desta quinta-feira e elogiou o técnico Rogério Ceni

"Eu já falei aqui várias vezes, todo mundo me conhece, sabe o carinho e admiração que tenho por ele (Ceni). O cara que para mim no futebol é o melhor treinador com quem já trabalhei, tecnicamente e taticamente dentro de campo, na parte de treinamento é o melhor que eu vi trabalhar, não repete um treinamento para a gente, muito trabalho de passe, muito campo reduzido, muita coisa tática e técnica para a gente usar dentro de campo. Sem contar que é um cara bem rigoroso com a gente, o que acaba facilitando para a gente conseguir aprender mais rápido", afirmou o atacante.


Dos três dos sete gols marcados pelo artilheiro do Fortaleza na Série A foram de cobranças de pênalti. WP9  se tornou o batedor oficial de pênaltis da equipe e comentou que mudou a forma de bater na bola durante as cobranças.

"Na realidade eu batia pênalti de uma forma só: cruzado. Acho que em 2012 eu perdi um pênalti contra o América-MG, semifinal do Mineiro, daí em diante eu comecei a mudar porque eu só batia de um lado, cruzado. Comecei a treinar uma forma diferente de bater e chegar mais lento na bola e reduzir meu pé de batida para deslocar o goleiro. E graças a Deus está dando certo", afirma.

O Fortaleza se reapresentou na tarde desta quinta-feira (10) no CT do Pici. No domingo o Tricolor enfrenta o Vasco às 16h em São Januário. A partida é válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte