Volante Pablo tem boa estreia e surge como alternativa no meio de campo do Fortaleza

Jogador realizou primeira partida como profissional e se credencia a brigar por posição na equipe do técnico Enderson Moreira

pablo fortaleza
Legenda: Volante de 24 anos estava no time de aspirantes
Foto: Bruno Oliveira/FEC

A atuação do Fortaleza na estreia da temporada 2021 não foi de encher os olhos. Porém, a vitória por 1 a 0 sobre o CRB, na última quarta-feira (3), além de assegurar três pontos importantes na largada da Copa do Nordeste, deu também a oportunidade de observação de novos jogadores, como o volante Pablo, que teve boa atuação.

Em um setor que tem poucas opções, já que Juninho, Felipe e Ronald são atualmente as peças utilizadas pelo Tricolor (Matheus Jussa foi contratado mas ainda não estreou), o jogador surge como uma interessante alternativa ao técnico Enderson Moreira.

Estreia no profissional

O meio-campista de 24 anos, que foi contratado em outubro de 2020 para compor o elenco que disputou o Campeonato Brasileiro de Aspirantes, foi integrado ao grupo profissional e foi bem na primeira oportunidade.

"Foi uma estreia boa, fiz tudo o que foi treinado, teve alguns erros, mas acho que isso é normal, mas agora é aproveitar os treinamentos e consertar para que no próximo jogo não cometer os mesmos erros", avaliou.

O volante Pablo fez a estreia como titular do Fortaleza na vitória contra o CRB
Legenda: O volante Pablo fez a estreia como titular do Fortaleza na vitória contra o CRB
Foto: Kid Júnior / SVM

Algo que contribuiu na atuação foi o auxílio dos companheiros, como o goleiro Felipe Alves.

"Sim, o Felipe é uma peça fundamental no elenco, ele me passou algumas instruções e fiz as orientações que me passou. E o grupo me acolheu de uma maneira em que me deixou à vontade, então eu só tenho a agradecer. É um grupo extremamente de qualidade e que te abraça da melhor forma".

Características de jogo

Formando dupla de volância ao lado de Juninho, o camisa 97 apresentou suas principais características.

"Jogo de volante, eu dou meu o máximo, sou um atleta que corro pelos meus companheiros, corro por mim, sou uma pessoa que ajuda e tenho marcação, bom passe e chuto de fora. Para quem viu o jogo de ontem, acabei errando uns passes bobos, acho que é a ansiedade por ser minha estreia no Fortaleza, acabou atrapalhando um pouco. Mas durante a semana corrijo com mais concentração. Essa ansiedade já passou e já tinha que dar o que deu".

Pablo tem vínculo até dezembro de 2021, com opção por renovação por mais dois anos. E o Fortaleza é a grande chance da carreira.

"Eu comecei no Audax/SP, onde eu me profissionalizei aos 19 para 20 anos. Foi difícil, tive alguns momentos difíceis, mas também de muitas alegrias e muito aprendizado. Graças a Deus tive títulos no Audax, então aprendi muitas coisas, da mesma forma que vou aprender no Fortaleza. Até agora foi bem difícil, mas vamos pra cima e trabalhar porque tem muita coisa boa pra acontecer ainda".

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte