Volante de origem, Derley se coloca à disposição para atuar como zagueiro: "Estou aqui para ajudar"

Jogador já havia atuado de forma improvisada como zagueiro sob o comando de Rogério Ceni, ex-técnico leonino e atualmente no Cruzeiro

Legenda: Derley esteve em campo em apenas dois jogos da Série A pelo Fortaleza, ambos como reserva.
Foto: Foto: Thiago Gadelha / Diário do Nordeste

Com apenas duas partidas disputadas na Série A do Brasileirão, ambas como reserva, Derley deve ter a primeira oportunidade de entrar como titular pelo Fortaleza na elite do futebol brasileiro. Sem poder contar com Roger Carvalho por conta de uma lesão sofrida na derrota para o Internacional, no último sábado (17), o volante leonino deve atuar improvisado como zagueiro, ao lado do colombiano Juan Quintero, no próximo domingo (25), contra o Santos, na Vila Belmiro, pela 16ª rodada da Série A do Brasileirão.

"Apesar de eu ter entrado no último jogo como zagueiro, o Zé (Ricardo) ainda não falou comigo. Estou aqui no Fortaleza para ajudar da melhor maneira possível, seja na minha posição ou improvisado na zaga", afirmou o volante.

Nesta temporada, Derley esteve em campo em 15 dos 40 jogos disputados pelo Tricolor do Pici, sendo apenas duas vezes na Primeirona - vitória sobre o Cruzeiro e derrota para o Inter - e como reserva. No último sábado (18), contra a equipe gaúcha, o atleta foi acionado aos 23 minutos da segunda etapa por Zé Ricardo, quando precisou substituir o zagueiro Roger Carvalho. O volante, que já havia atuado como zagueiro em algumas partidas sob o comando de Rogério Ceni, atualmente no Cruzeiro, avisa que, caso o novo técnico precise, ele estará pronto para formar dupla de zaga com Quintero.

"Quando sou utilizado, tento fazer o meu melhor. Quero estar dentro de campo com meus companheiros, ajudando. Com o Zé (Ricardo) estou buscando meu espaço como volante, que é minha posição de origem, mas sempre o deixei bem tranquilo para que, se quiser me utilizar como zagueiro, estou à disposição dele", disse.

Derley irá disputar posição com Adalberto, que teve seu retorono oficializado pelo clube nesta terça (20), e com Nathan, atleta que esteve em campo na Série A em quatro jogos, não rendeu o esperado e chegou a deixar o gramado sob vaias da torcida do Leão.

"Eu já treino de zagueiro há quase quatro meses, desde a época do Rogério Ceni, porque só tínhamos três zagueiro (Quintero, Roger Carvalho e Nathan). Quando você repete treinamentos, acaba se adaptando com aquela posição. O que eu quero é estar dentro de campo e ajudar meus companheiros a saírem com a vitória", finalizou.

No próximo domingo (25), o Fortaleza vai até o litoral paulista enfrentar o Santos, na Vila Belmiro, em jogo válido pela 16ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, às 16h. Com mais de 11 mil ingressos vendidos de forma antecipada, os bilhetes da torcida santista já estão esgotados desde a última sexta (16). 600 lugares foram reservados para a torcida tricolor.