VÍDEO: Torcida do Santa Cruz invade campo e profissionais do Floresta passam momentos de sufoco

Atletas partiram para cima dos atletas do time pernambucano; não houve feridos

Jogadores do Floreste perfilados em disputa de pênaltis
Legenda: O Floresta se classificou após vencer o Santa Cruz nos pênaltis
Foto: Ronaldo Oliveira/ Floresta

Vivendo um momento delicado após a queda para a Série D do Campeonato Brasileiro - a quarta divisão do futebol nacional -, o Santa Cruz teve mais uma decepção na noite de terça-feira. Depois da eliminação na seletiva da edição de 2022 da Copa do Nordeste para o Floresta, os jogadores viram parte da torcida invadir o gramado da Arena Pernambuco, no Recife, para protestar.

Veja imagens

Alguns torcedores do Santa Cruz partiram para cima dos jogadores e hostilizaram os atletas por conta da derrota para o Floresta-CE na disputa de pênaltis por 4 a 2, após empate por 3 a 3 no tempo normal. Além disso, parte da torcida tentou invadir os vestiários para protestar.

Apesar de não serem o alvo de protestos, jogadores e profissionais do Floresta se sentiram acuados e também procuraram se refugiar nos vestiários. O temor foi maior por não haver policiamento no local, segundo relatou um dos profissionais. Não houve feridos, nem equipamentos foram furtados.

Demora no policiamento

A Polícia Militar adentrou no gramado com alguma demora e encerrou a confusão com os torcedores. Alguns dos invasores foram detidos e levados para a delegacia mais próxima da Arena Pernambuco. Além da invasão e do medo colocado nos jogadores, eles quebraram diversos materiais do clube e do estádio.

Em campo, o Santa Cruz, que teve a volta de sua torcida aos estádios depois de 500 dias, esteve três vezes na frente do placar, mas permitiu o empate ao Floresta-CE. Com a eliminação, o time pernambucano não vai disputar a Copa do Nordeste em 2022

Já o Floresta-CE está na terceira fase preliminar da Copa do Nordeste e vai fazer um duelo cearense contra o Ferroviário. Serão dois jogos, com datas ainda a serem confirmadas pela CBF.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte