Uefa abre processo disciplinar contra Real Madrid, Barcelona e Juventus

Todos os demais oito clubes fundadores do projeto anunciaram a desistência da ideal

Taça da Liga dos Campeões ao lado do escudo da Uefa
Legenda: A Liga dos Campeões da Europa é o principal torneio de clubes do futebol mundial
Foto: divulgação / Uefa

Real Madrid, Barcelona e Juventus estão na mira da Uefa, que informou nesta quarta-feira (12) ter aberto um processo disciplinar contra os três clubes, diante de "uma eventual violação do quadro jurídico" da entidade. O motivo é a negativa dos três gigantes do continente em deixar a Superliga, torneio que seria disputado pela elite do futebol europeu e sem mediação de órgãos como a própria Uefa.

A entidade afirmou que nomeou inspetores para a avaliação de possíveis punições. Na semana passada, os outros nove fundadores da competição - os ingleses Manchester City, Liverpool, Chelsea, Manchester United, Tottenham e Arsenal; os italianos Milan e Internazionale; e o espanhol Atlético de Madrid - desistiram da ideia.

O presidente da Uefa, o esloveno Aleksander Ceferin, havia alertado sobre possíveis sanções aos participantes do projeto. Ainda não se sabe quais punições podem ser dadas, mas se especula que possam ser excluídos de competições continentais como a Liga dos Campeões.

A Juventus, por sua vez, ainda corre o risco de ser excluída do Campeonato Italiano caso siga envolvida com a Superliga. Pelo menos foi o que disse Gabriel Gravina, presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC, na sigla em italiano).

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte