Treinador da Seleção Brasileira, Tite recebe segunda dose da vacina contra a Covid-19

Comandante de 59 anos recebeu a 2ª dose do imunizante CoronaVac

Legenda: Técnico da Seleção Brasileira foi vacinado com a 2ª dose da CoronaVac
Foto: Divulgação/CBF

Horas depois de anunciar a lista de convocados da Seleção Brasileira para os amistosos contra Equador e Paraguai, o técnico Tite foi imunizado com a 2ª dose da vacina contra a Covid-19, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Nas redes sociais, a entidade celebrou a vacinação do comandante de 59 anos.

Presente no grupo prioritário para o recebimento da vacina, por ser profissional de educação física, o comandante recebeu a primeira dose do imunizante no início do mês de abril (05/04). A segunda dose, no entanto, marcada inicialmente para o dia 03 de maio, foi adiada.

Nesta sexta-feira (14), após anunciar a lista de convocados da Seleção Brasileira, Tite foi questionado sobre a imunização de atletas, comissão técnica e dirigentes por parte da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

"O que eu entendo de vacina é: vacina, sim! Vacina, sim! Porque ela é vida! Vacina sim para a economia, porque dá trabalho e dignidade para as pessoas. Vacina, sim! Gostaria que isso fosse acelerado para todas as pessoas, para termos uma situação agradável para todos nós"
Tite
Técnico da Seleção Brasileira de Futebol

Adversários do Brasil nas Eliminatórias

Disputando as Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2022, o Brasil enfrenta no início do mês de junho a seleção do Equador e do Paraguai, nos dias 04 e 08, respectivamente. A previsão de apresentação do grupo é 27 de maio, para atividades em território brasileiro e definição das titularidades.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte