Torcida do Ceará prepara mosaico com Mota e Sérgio Alves para Clássico-Rei

O objetivo é reviver os "fantasmas do arquirrival" na Arena Castelão

Legenda: Ídolos, Mota e Sérgio Alves fizeram história com gols no Fortaleza
Foto: arquivo / SVM

Os torcedores do Ceará estarão em menor número no Clássico-Rei de domingo (10), às 19 horas, mas prometem uma grande festa na Arena Castelão. Ocupando apenas os setores Norte do estádio, por conta do mando do Fortaleza, membros das organizadas em conjunto com as demais torcidas se reuniram para montar um mosaico em homenagem aos artilheiros do clube Mota e Sérgio Alves.

O Diário do Nordeste apurou que o objetivo é reviver os "fantasmas do arquirrival" e tem inspiração em arranjos preparados pelo time alemão Borussia Dortmund Atuando em épocas diferentes, os dois atacantes se sagraram ídolos do Vovô com títulos e também gols frente ao Fortaleza.

Nascido na Capital, Mota foi revelado pelo Ferroviário em 1997 e, logo em seguida, se transferiu para o Ceará. No Vovô, o ex-atacante teve quatro passagens (1997 e 1998 - 2001 a 2003 - 2009 - 2012 a 2013 - conquistou cinco títulos estaduais (1997, 1998, 2002, 2003, 2012 e 2013) e marcou 89 gols, sendo o 9º maior artilheiro da história do Alvinegro de Porangabuçu, ao lado de Ivanir. 

Já Sérgio Alves atende pelo nome de "Carrasco" pela quantidade de gols no Leão, acumulando a média de 23 gols em 25 jogos. Como jogador acumula quatro taças cearenses (1993, 1996, 1997 e 2002) e a honra de ser o 3º maior goleador da história do Ceará, com 141 gols. Aposentado dos gramados, trabalha como treinador da equipe alvinegra feminina.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?