Torcedor diz ter passagem cancelada sem aviso e perde jogo do Fortaleza na Argentina

Segundo Bruno Rodrigues, a companhia aérea não o notificou sobre o cancelamento da passagem

Legenda: Torcedor estava com ingressos comprados para assistir a partida entre Fortaleza e Independiente, mas teve passagem aérea cancelada sem aviso
Foto: Arquivo pessoal

Quem acompanha o time Fortaleza por anos recebeu com comemoração a notícia do primeiro jogo oficial do clube fora do país, que acontece às 21h30 desta quinta-feira (13), contra o Independiente, em Avellaneda, na Argentina. Vários dos torcedores se organizaram para viajar até o país vizinho e acompanhar a partida presencialmente. Um deles teria sido o professor Bruno Rodrigues Costa, de 30 anos, se não tivesse passado por uma situação frustrante ainda na manhã desta quinta: descobrir no balcão de check-in do Aeroporto de Fortaleza que sua passagem para Buenos Aires havia sido cancelada. 

A informação repassada pelo funcionário da companhia aérea Latam foi de que o valor da compra no cartão de crédito fora estornado. Bruno, contudo, assegura que não cancelou a passagem e nem recebeu qualquer notificação do erro na compra, tanto que ainda possuía o código de reserva para o lugar na aeronave. 

"O sentimento é de tristeza profunda e revolta pela sensação de impotência que a gente tem em frente a esse tipo de situação. Sou um cara que, junto da minha família, a gente vem acompanhando o Fortaleza desde o começo dos anos 2000. Todos os jogos. Nos momentos mais difíceis, a gente estava lá. Tenho todos os comprovantes dos ingressos, os jogos fora eu fazia o possível para acompanhar", lamenta o torcedor.

A passagem reservada estava programada para sair de Fortaleza às 6h30 desta quinta e chegar em Buenos Aires às 14h15, após uma escala em São Paulo. 

Ainda conforme Bruno, viajar para Buenos Aires seria uma espécie de prêmio por ter conseguido acompanhar toda a história e jornada do clube. "O que eu sinto é que roubaram essa experiência de mim. No momento crucial", disse o professor, cuja família já está na Argentina para acompanhar a partida. 

Dificuldades 

Bruno relatou que passou por várias dificuldades para conseguir comprar os ingressos para o jogo. No dia da compra, o torcedor precisou fugir de um suspeito que tentou assaltá-lo. Além disso, também teve alguns problemas de saúde nesta semana. "Todos os obstáculos fiquei superando, de um a um, para conseguir chegar lá e ter essa experiência. Só que, como eu falei, isso foi tomado de mim, o sentimento é tristeza profunda e indignação", disse. 

Segundo ele, a Latam entrou em contato ainda nesta quinta-feira para explicar que não havia mais lugares nos voos seguintes com destino a Buenos Aires, e que o próximo possível deveria chegar à capital argentina por volta das 21h30, horário que inicia o jogo, o que impossibilitaria Bruno de acompanhar a partida. Colocaram ainda que houve uma falha automática na compra, com divergência de dados entre o sistema da Latam e o da operadora do cartão de crédito. Bruno insiste que não recebeu notificação alguma a respeito do erro. 

A Latam lamentou o ocorrido por meio de nota e disse que entrou em contato com o passageiro para prestar esclarecimentos. Foi oferecida a possibilidade de embarque para o mesmo destino em outro voo, permanecendo com o preço inicial comprado pelo cliente.


 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte