Tite convida menino Bruninho para conhecer Seleção Brasileira; César Sampaio se emociona

Torcedor do Santos, garoto foi hostilizado por receber camisa do goleiro Jaílson, do Palmeiras

Tite dá entrevista coletiva pela Seleção Brasileira
Legenda: Tite fez discurso emocionado sobre o caso do menino Bruninho
Foto: Reprodução

O caso do garoto Bruninho, torcedor do Santos que foi hostilizado pela própria torcida por ter aceitado camisa do goleiro Jaílson, do Palmeiras, tem repercutido entre o mundo do futebol.

Após Gabigol e o Rei Pelé se solidarizarem com o menino, foi a vez do técnico da Seleção Brasileira, Tite, e o coordenador técnico da Amarelinha, o ex-jogador César Sampaio, também falarem sobre o assunto.

Assista ao convite de Tite

E após o ex-volante da Seleção Brasileira, Palmeiras e São Paulo se emocionar, Tite tomou a palavra e convidou Bruninho para conhecer os atletas brasileiros.

"Tá feito um convite para que ele possa estar aqui conosco. Porque nós tambem temos enquanto pais, enquanto pessoas, a obrigação de sermos educadores, de sermos exemplo, mais do que falar, é fazer. Tá feito o convite dele para vir aqui conosco".

Bruninho beija o escudo da camisa do Santos
Legenda: Bruninho é torcedor do Santos e recebeu ameaças após pedir uma camisa de um jogador do Palmeiras
Foto: reprodução

Tite aproveitou a oportunidade para fazer um discurso em prol dos bons sentimentos e dos valores esportivos ao mesmo tempo que Sampaio se emocionava ao lado.

"Tu torce pela Seleção Brasileira e dá para torcer por clube sim. Dá para ter educação e dá para ter respeito por tudo. Bruninho, cara, um abraço nosso de coração. Um homem de 60 anos, que está cheio de cabelo branco, mas que aprendeu um pouquinho na vida e que aprendeu a respeitar, a respeitar sentimento e a respeitar que exemplos positivos vão fazer educar e vamos fazer uma sociedade um pouquinho melhor", disse.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte